quarta-feira, 28 de junho de 2017

CORAÇÃO QUER LIBERDADE PARA AMAR

CORAÇÃO QUER LIBERDADE PARA AMAR
Marcial Salaverry

O coração não é uma prisão,
devendo ser livre para viver sua emoção,
quando existe amor no coração...
Entregando-nos à felicidade,
sentimos sua realidade,
e para sentir esse calor,
basta viver um lindo amor,
para que a vida sinta todo esplendor...
Esse amor pode levar terna e eternamente,
a uma gostosa felicidade simplesmente...
Não deixe a vida morrer cativa,
pois a emoção estando sempre ativa,
vai trazer a vida num instante,
deixando-a feliz, cativante...
Não deixe que algo lhe oprima,
com amor, não se cale, não se reprima,
ligue o rádio, a TV, ou solte um grito,
não deixe seu espírito calado, aflito...
Certamente verá que logo se anima...
É preciso viva o amor, o momento,
mesmo que sinta algum tormento...
O caminho logo ficará iluminado,
com fulgor da alma emanado...
Para viver o amor que está por vir,
deixando feliz o porvir,
saiba bem puxar a força do amor,
vivendo-o seja como  for...
Então, devaneie, solte-se,
e às belezas do amor, entregue-se...
Por que sentir tristes lamentos,
que irão deixar seus momentos
incoerentes, desanimados,
se podes viver momentos apaixonados,
que estão perto, e impacientes para serem vividos,...
O amor bem vivido, traz a felicidade,
que para a vida é de total necessidade...
 

Marcial Salaverry

AVENTURA COM OS MACACOS

AVENTURA COM OS MACACOS- TRECHO DO LIVRO UM BRASILEIRO NA ÁFRICA
Marcial Salaverry

De minha passagem pelo Congo, restaram algumas lembranças, que por vezes me fazem rememorar momentos agradáveis, e como "recordar é viver", sempre procuro reviver alguns deles, como este aqui...

Certa vez, quando Alexander Gaiseng, meu dedicado motorista, foi fazer uma de suas incursões para colher abacaxis para nossa refeição, ouvi um grande alarido na mata.  Percebi que ele estava sendo perseguido por alguns macacos.  Rapidamente entrei no jipe, fechei bem as janelas, abrindo rapidamente a porta para que ele pudesse entrar, e aí então, fomos literalmente cercados por um grande bando de macacos brincalhões que queriam, por força, entrar no jipe, batendo nas portas e janelas, saltando sobre o para brisas.  Para assustá-los, liguei os limpadores.  Fizeram a maior farra com aquela coisinha se mexendo na sua frente, terminando por arrancá-los.  Devagarinho, conseguimos ir abrindo caminho entre os divertidos bichinhos, até que conseguimos seguir viagem. Ainda fomos seguidos por um bom tempo pelo bando.
Realmente, agora, com as lembranças, é que vejo como foi aventurosa e válida essa estada no Congo.
Ainda tenho muito mais coisas para contar...
Ósculos e amplexos,
Marcial

PELO MENOS NO ESPORTE


 
O esporte é a salvação da Nação... Por que o resto...
Não se pode falar mal dos políticos, vamos entender
que encontraram o País a um passo do abismo,
e o fizeram dar um grande passo adiante...
PELO MENOS NO ESPORTE
Marcial Salaverry

Se em pontos fundamentais para nós,
tudo anda amarrado, cheio de nós,
pelo menos no esporte há algo a festejar...
Festejamos êxitos na natação,
lamentamos as falhas da Educação...
Se nossos atletas tem boa saúde,
o mesmo não se diz de nossos serviços de saúde...
O futebol paralisa a Nação,
e os traficantes também tem essa ação...
Vôlei, basquete, dão ampla satisfação,
os politícos são só motivos de reclamação...
Vamos festejar o esporte enfim,
enquanto as maracutaias não tem fim...
E agora para finalizar,
vamos todos uma bela pizza encomendar...
Vamos lá, uma pizza por favor...
Pagamento com cartão corporativo,
que mantém o dinheiro do povo bem ativo...


 

GOSTOSA SAUDADE

GOSTOSA SAUDADE
Marcial Salaverry
 
Saudade temos de um bom momento,
que marcou em nosso pensamento...
saudade temos daquele beijo prolongado,
que findou aquele encontro apaixonado...
Saudade temos daquela pessoa querida,
que marcou em nossa vida...
Saudade temos daquele alguém
que nos fez sentir bem...
saudade, temos de ter saudade
daquela gostosa felicidade...
é gostoso sentir saudade...



O AMOR É UMA QUIMERA

O AMOR É UMA QUIMERA
Marcial Salaverry
 
Tu fostes meu amor numa quimera,
num lindo sonho de amor,
que encheu minha vida de cor,
fruto de uma paixão sincera...
Senti que me olhavas com ternura,
transmitindo toda a doçura
que meu sentir pedia...
Emocionava-me cada vez que te via...
Mal sabia que iria sofrer meu coração,
pois o amor que em ti sentia, era apenas ilusão...
Ilusão passageira, que o tempo destruiu...
Partistes, e meu castelo ruiu...
Tu fostes meu amor numa quimera,
com o fim deste sentimento,
restou apenas o lamento,
uma tristeza sem fim...
Uma quimera... um sonho,
um sonhado porvir risonho...
Restou a melancolia enfim...
 

Marcial Salaverry

RECORDANDO COISAS VIVIDAS

Se vivemos momentos que deixaram boas lembranças,
vale a pena recordá-los, mas se não foram boas essas
lembranças, apenas esquece-las...
Osculos e amplexos,
Marcial

RECORDANDO COISAS VIVIDAS
Marcial Salaverry

Para recordamos coisas vividas, temos que identificar o que merece ser recordado, para assim, recordarmos apenas as boas  recordações, mesmo considerando que "recordar recordações", pode parecer pleonasmo, o que  sem dúvida não deixa de ser, pois só podemos recordar coisas, fatos ou pessoas que passaram por nossa vida, e se estas forem boas ou más, sempre serão recordações a serem recordadas ou esquecidas.

A medida que o tempo vai passando, sempre as lembranças vão se acumulando em nossa memória.  Podemos dizer que vamos "salvando arquivos", e isso  é muito normal, pois a passagem dos anos forçosamente aumenta a carga de recordações. Temos algo como um Windows no cérebro... 

Algumas boas, outras más, outras nem tanto, mas que de uma maneira ou outra, sempre marcaram nossa vida. Podem ter sido pessoas que de uma maneira ou outra exerceram alguma influencia em nossa existência, determinando novos rumos, podem ser acontecimentos que marcaram de forma definitiva nossa vida. Enfim, algo que nos aconteceu no passado.

Se as lembranças forem boas, devemos guardá-las em um recanto especial de nossa memória, se, contudo, forem más, o melhor é esquece-las.  Para que servem, senão para nos aborrecer? Se nos aborrecem, então para que recordá-las? O melhor é deixar pra trás, perdidas no passado que é o lugar delas. Não vale a pena guardar-se más recordações.  Pessoas que foram negativas devem ser esquecidas.  Somente devemos deixar um aviso, recomendando cuidado, para evitar repetição de certos erros de julgamento.
 
Devemos sempre guardar com especial carinho, não somente as boas lembranças, como também a recordação boa das pessoas que entraram em nossa vida, mesmo que por pouco tempo, mas que deixaram algo de positivo para nós.  Muitas vezes algumas poucas palavras, desde que oportunas, acabam tendo significado muito especial.

A propósito, L’Inconnu enviou-me hoje uma mensagem muito interessante, com um destaque especial para esta frase:
"Os que passam em nossa vida não vão sós.  Deixam um pouco de si e levam um pouco de nós. "
 
Realmente muito interessante e verdadeira.  Quantas vezes um amigo (ou amiga) teve curta passagem junto a nós, deixando, porém uma marca indelével de sua caminhada, pois existem atitudes que realmente marcam uma presença, deixando aquele gostinho de saudade, aquela lembrança boa. Convenhamos, é gostoso demais lembrar de pessoas que marcaram positivamente nossa vida. Inclusive é um bom exercício de memória.

Um gesto de amizade, uma ajuda em momento de necessidade, aquele sorriso numa hora de tristeza, aquelas palavras que tiveram o condão de levantar nosso ânimo, são coisas que não podem ser esquecidas, que verdadeiramente nos fazem lamentar certas ausências.

Da mesma maneira que isso ocorre conosco, nossa presença muitas vezes pode influenciar a vida de outras pessoas.  Por essa razão, sempre devemos agir positivamente, sem nunca procurar prejudicar a quem quer que seja.  Omitindo-nos mesmo, se nada pudermos fazer, mas nunca prejudicando outrem.

Qualquer atitude negativa, geralmente tem o efeito "bumerangue", pois  o mal que se desejar a alguém, pode voltar contra a pessoa mal intencionada.

Existe um provérbio conhecido que diz:
"Viva de maneira a que quando for morrer, todos chorem, menos você."
 
Isso só se consegue se sua passagem pela vida for positiva, se, quando falarem de você, complementem a frase dizendo: "Boa gente. Vai fazer muita falta..."  Aí então, sua partida será lamentada.
Bem amigos, só me resta desejar que todos possam fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, para ser recordado com saudade no porvir...

terça-feira, 27 de junho de 2017

O QUE É AMORZADE

    O QUE É AMORZADE
Marcial Salaverry

Para poder ser feliz,
é preciso amar quem nos ama...
É preciso também ser amigo
de quem se ama...
Sentir que carinho, amor, amizade,
constituem a real base para a felicidade...
Havendo amor e amizade,
poderá haver total felicidade...
Quando existe apenas paixão,
pode não fazer bem ao coração...
Juntos amor e amizade,
formam a gostosa amorzade...
Uma verdadeira amizade,
feita de amor e carinho,
é o verdadeiro caminho
para uma real amorzade

Marcial Salaverry

 

AMÔ ANSIM É BÃO

 
AMÔ ANSIN É BÃO
Marcial Salaverry


Bão meusamô...
socê qué meus carinho,
i nóis tá bem pertinho,
é só si achegá,
qui nóis pode simbolá...
num vai nem dos pingão percisá...
arremexe as cadera,
qui essas bestera,
é maimiódibão di fazê...
cagente intera como quê...
Adispois di dançá,
si nóis si incitá...
faço teuszoinho si arregalá...
di tantu gozu qui vô ti dá...
vem bem... podi si achegá...
tô aqui a ti esperá...
socê vem, num vai,
inóis fica nessi vem i vai...

ANABOLIZANTES E DOPPING, PERIGO PARA A SAÚDE

Esteroides anabolizantes, uma das mais letais armas que existe.
De que vale ser um defunto "sarado"?
Treinar muito é a melhor maneira de ganhar um corpo "sarado" e são.
Osculos e amplexos,
Marcial

ANABOLIZANTES E DOPPING, PERIGO PARA SAÚDE
Marcial Salaverry

O desenvolviment0 da ciencia, além de nos trazer grandes benefícios, com medicamentos que podem melhorar e até prolongar a vida, também tem o outro lado da moeda, com produtos que podem ser altamente prejudiciais para o organismo, mormente se levarmos em conta que uma das grandes preocupações dos tempos modernos, é o culto ao corpo, à imagem, a ânsia de ver o corpo definido, com "tudo em cima", músculos salientes, bíceps salientes, e aquele desejo de atrair as atenções, fazendo com que esse excesso de vaidade se transforme numa arma letal, que fatalmente irá cobrar um pesado tributo daqueles que buscam meios rápidos e artificiais para o "embelezamento" do corpo.

Isso, aliado ao desejo de fazer um nome, conseguindo resultados esportivos além da real capacidade orgânica do atleta, e realmente esses resultados excepcionais são conseguidos, mas a que preço?

É verdadeiramente lamentável o que vem ocorrendo no mundo dos esportes. O excesso de competitividade faz com que o velho e surrado lema que sempre se fez presente quando se referia a atletas, ou seja "mens sana in corpore sano", não mais esteja sendo usado, sendo substituído por outro lema, ou seja, "mens perturbadas in corpore dopadus ou anabolizadus..."

É triste, mas é verdade. Na ânsia de obter maior força física, jovens atletas estão cada vez mais iludidos com a possibilidade de resultados fantásticos, e estão usando cada vez mais anabolizantes, sem atentar para o fato de que estão assassinando seus organismos, eis que o efeito catastrófico que o uso desses produtos produz a médio e longo prazo é impressionante. Será que vale a pena sacrificar-se toda uma vida em benefício de alguns resultados imediatos? Tivemos alguns casos que mostraram bem o que resulta disso. Relembrem Grifith-Joyner, Ben Johnson, entre os mais famosos, e se formos lembrar de todos, a lista será imensa...  Será, crianças, que a vida vale tão pouco?

O negócio começa nas Academias, onde os jovens, procurando ter um corpo "sarado" e "definido" a curto prazo, não hesitam em lançar mão dos "Megamass" da vida. Para se obter resultados com a musculação é necessário muito tempo de treino constante e vitaminas, além de uma boa alimentação. Recomendo aos pais que fiquem atentos, não permitindo que seus filhos cometam esse tipo de suicídio. Pratiquei levantamento de pesos durante um bom tempo, e pude constatar a que leva o uso de esteroides anabolizantes, pois assisti à morte de diversos atletas jovens, que usaram desse meio para desenvolver seu corpo e melhorar seus resultados, e por nunca ter usado nada disso, ainda estou aqui, razoavelmente lúcido e escrevendo para dar este alerta. Repito que vi esse filme muito mais vezes do que gostaria de assistir...

Agora, quanto ao doping propriamente dito, é pior ainda, pois o atleta que lança mão de tal recurso para conseguir um bom resultado, merece ser banido do esporte para sempre, pois sempre será um mau exemplo. É imperioso que os exames anti-doping sejam muito mais e melhor empregados. Contudo,  devem ser feitos com critério para que não hajam avaliações precipitadas. Enfim, o mais importante mesmo é conseguir com que os atletas adquiram consciência plena de que o lema "mens sana in corpore sano" deve ser sempre seguido. Para melhorar resultados, devem sempre treinar com mais dedicação, e procurar uma alimentação adequada. Uma boa sugestão também, seria a proibição de comercialização dos anabolizantes.

Já que se fala em campanha pró-desarmamento, deveria falar-se também numa campanha visando a proibição da fabricação de drogas anabolizantes, que chegam a ser mais letais do que as armas propriamente ditas, ainda mais se considerarmos que na pressa de obter resultados, certos incautos aumentam a dose, chegando a overdoses fatais...

Não podemos, também, nos esquecer de que é uma grave infração às leis esportivas.

Algo precisa ser feito, pois todos merecem ter UM LINDO DIA, e sempre conseguir renová-lo...

segunda-feira, 26 de junho de 2017

UNE BONNE NUIT - FRANCES/PORTUGUES/ESPANHOL

Un homme... Une femme...L'amour... L'adieu...C'est la vie...
Un hombre... Una mujer... El amor... El adiós... Asi es la vida...
Um homem... Uma mulher... O amor... O adeus... Coisas da vida...

UNE BONNE NUIT
Marcial Salaverry

Une bonne nuit...
... et le desir d'une belle journée,
pour le jour qui viendra...
Peut-être qu'on s'aimera...
Mais c'est comme ça la vie...
On s'aime,
On s'embrasse...
Et a chaque rencontre,
une fênetre demi-ouverte
separe les amants...
Et l'avion qui part...
Notre amour lá dedans...
C'est comme ça la vie...
Parfois ensemble...
Parfois separés...
Pour toujours,
l'amour...
Cést comme ça la vie...
Il faut l'accepter...
Adieu jolie ...
Mieux...A tantôt...
Une bonne nuit...
Une belle journée...
Avec tes beaux souvenirs...

Marcial Salaverry
Poème inspiré sous la musique Adieu Jolie Candy
______________
BUENAS NOCHES
Marcial Salaverry
Buenas noches...
y el deseo de mucha felicidad,
para el dia que va empezar...
Quizás nos amaremos...
Pero es asi la vida...
Amamonos...
Besamonos...
Y a cada encuentro,
una ventana medio abierta,
separa los amantes..
El avión que parte,
llevando nuestro amor...
Es asi la vida...
Por veces juntos,
por veces separados...
Para siempre, el amor...
Es asi la vida...
Tenemos que acceptarla...
Adiós bella ...
Mejor... Hastaluego...
Una linda noche...
Un lindo dia...
Con tus lindos recuerdos...

Marcial Salaverry
Poema con inspiración el la musica Adieu Jolie Candy..
________________
UMA BOA NOITE
Marcial Salaverry

Uma boa noite,
e os desejos de muita felicidade,
para o dia que vai começar...
Talvez nos amaremos,
mas é assim a vida...
Amamo-nos...
Beijamo-nos...
E a cada encontro...
Uma janela meio aberta
separa os amantes...
O avião que parte,
levando nosso amor...
É assim a vida...
Às vezes juntos,
às vezes separados...
É assim a vida...
Temos que aceitá-la...
Adeus bela...
Ou melhor... Até logo...
Uma linda noite...
Um lindo dia...
Com tuas lindas recordações...

Marcial Salaverry
Poema escrito com inspiração na música Adieu Jolie Candy

VIVIENDO EN POESIA

Un poeta tiene que vivir con la poesia,
para sentirla en el alma, y después, escribirla...

VIVIENDO EN POESÍA
Marcial Salaverry

Un poeta, en su día a día,
apenas vive la poesía...
Durante las 24 horas del día,
cuando no está haciendo poesía,
estará ciertamente
leyendo las poesías de los amigos.
Siente total felicidad
al ver y esbanjar todo su talento,
toda su sensibilidad...
Viene del alma su inspiración,
pasando por el corazón,
por los dedos saliendo,
y por el mundo evadiéndose...
Poetas son así,
precisan siempre poetizar, al fin...
Por lo tanto poetas, poetemos...
Así, el talento no perdemos...
Por la vida poetizando,
poetizando con la vida...
Viviendo en poesía,
de y con la poesía viviendo...


Marcial Salaverry

PERFUME DO AMOR

PERFUME DO AMOR
Marcial Salaverry

O perfume do amor,
é um odor característico,
totalmente atípico...
Somente exalado,
num ato de amor apaixonado...
Com seu perfume,
o amor excita,
o amor irrita,
o amor embriaga,
o amor mexe com os sentidos,
por seu odor pressentido...
Deixa-nos completa
e totalmente perdidos...
E nessa privação,
entregamos o coração...
Apaixonados...
Pelo amor, embriagados,
por seu aroma dominados...

Marcial Salaverry

DESPERTANDO PARA AMAR

DESPERTANDO PARA AMAR
Marcial Salaverry

Despertando para amar, simplesmente,
beijando apaixonadamente...
Entre os momentos de amor,
vividos com fervor,
em meio a suspiros de prazer,
para em doces amassos se perder...
Com carinhos mais ousados,
e beijos sempre apaixonados,
ficam os amantes perdidamente enamorados,
sentindo prazeres nunca antes vividos...
No amor, não existem carinhos proibidos...
De viver o amor, existe necessidade,
para encontrar a felicidade...
Corações e pernas entrelaçados,
misturando corpos e odores...
Fechar os olhos apenas
para o prazer curtir,
pois no amor não se dorme... 
Apenas, faz-se uma pausa...
para tudo recomeçar...

A VIDA SEMPRE NOS PREPARA SURPRESAS

Se é verdade que a vida nos reserva muitas alegrias,
tambem é verdade que nos prepara muitas decepções...
São coisas da vida, e precisamos estar preparados
para todas as eventualidades, para não sermos colhidos
de surpresa por algo indesejado...
Osculos e amplexos,
Marcial

A VIDA SEMPRE NOS PREPARA SURPRESAS
Marcial Salaverry     
                      
Existe um velho ditado afirmando que "o amor de mãe é cego", e a tudo perdoa, porque para as mães, de modo geral, suas crianças sempre serão perfeitas, e nada farão de errado, e assim, muitas vezes chegam a fechar os olhos para não verem certas barbaridades cometidas por seus rebentos, sempre procurando atribuir a culpa a terceiros, que são as tradicionais "más companhias...", o que faz com que se indague quem é a má companhia...

Mas tal julgamento, que é um tanto quanto falho, pois todas as pessoas são passíveis de erros (nossos filhos inclusive), não é “exclusividade maternal”, pois todos nós temos uma tendência natural para jogar com dois pesos e duas medidas, dependendo de quem cometeu este ou aquele erro, se é alguém de quem gostamos ou não. E invariavelmente faremos o prato pender a favor do lado que conta com nossa simpatia. Sempre com a tradicional frase: Fulano eu conheço, é gente de bem. Agora o outro...

 A simpatia pessoal sempre poderá atrapalhar qualquer julgamento,pois assim chegamos a afirmar que nossos amigos serão incapazes de atos falhos, mas acontece que nem sempre tal maneira de pensar estará correta, pois é necessário que haja isenção de ânimo para que se possa julgar quaisquer atos.

Aliás, isso é reconhecido pela Justiça, quando da escolha dos jurados que irão decidir os destinos de algum réu. Eles não podem sequer ser conhecidos remotos da pessoa a ser julgada.
Recebi de L'Inconnu, uma frase que vem a calhar para o assunto em pauta:
"As pessoas que mais gostamos, são as que mais nos decepcionam, pois pensamos que são perfeitas e esquecemos que são humanas."
E isso é algo que jamais poderemos esquecer, pois o erro é inerente à nossa condição humana, e isso tanto é verdade, que está explicito na frase: "Herrar é umano...", ou será "Errar é humano?" Afinal, tambem sou umano, e posso herrar...

Todos somos sujeitos a fazer alguma besteira. Todos somos basicamente honestos, mas muitas vezes a tentação é forte demais para nossa condição humana, e poderemos cometer algum deslize. Os outros erram, ou fazem sacanagem, nós, ou nossos amigos apenas cometemos eventuais deslizes.  Imbuídos dessa certeza, saberemos que aqueles a quem amam também estão classificados como humanos, e passíveis de erros. Mas quando estes acontecerem, nossa decepção sempre será dobrada.

Essa falha de julgamento é um dos erros que mais frequentemente cometemos. Muitas vezes preferimos encobrir coisas erradas, pelos laços que nos ligam a pessoas culpadas, e esse não é um procedimento correto, pois nada mais justo do que aquele que errou, pagar por seus erros, seja ou não alguém de nossas relações.

Àquele que disser que jamais cometeu um ato falho, ou alguma infração, direi estar diante de alguém que não nasceu ainda, ou então de um grande mentiroso que, por sua mentira está incorrendo em nova infração.

Não é somente de crimes, roubos, peculatos, adultérios, apropriações indébitas, propinas, odebrechts, cujas punições estão previstas pelo Código Penal, embora nem sempre sejam cumpridas, que é composto o mundo de “crimes” usualmente cometidos.

Também podemos falar em “cola” nas provas escolares, subornos de guardas de transito, mentiras contadas aos pais, irmãos, chefes, etc... E assim vai... Todos sabemos o que já fizemos na vida. Portanto, perfeição não existe. E o fato de também sermos passíveis de erros, confirmando o célebre ditado: HERRAR É UMANO, automaticamente não nos dá direito de julgar aqueles que desejamos condenar.  Podemos, quando muito criticar quem acreditamos estar errado, sujeitando-nos a receber criticas por nosso procedimento.

Assim sendo, vamos dar a todos o direito de errar, desde que não sejamos prejudicados, pois nesse caso, temos o direito de defender nossos direitos. Mas, fica a ressalva. Uma coisa é criticar e procurar defender nossos interesses na ameaça de sermos lesados, outra coisa é condenar sumariamente aquele que errou.  Por sermos igualmente “umanos”, e portanto sujeitos a “herros”, não temos o direito de julgamentos sumários, e crucificar quem quer que seja, até mesmo um ex-presidente bêbado... Quem nunca tomou alguns pileques na vida?

Todo e qualquer crime deve ser apurado, e julgado por quem de direito, e é isso o que se espera da Justiça, que por vezes também é "propinada", e passa a ser justiça...

Indiscutivelmente uma vez apurada a culpabilidade daquele por quem brigamos um dia, apenas por ser uma pessoa querida, aumentará nossa decepção.

Assim, vamos pensar em nossos “herros umanos”, sempre procurando ter UM LINDO DIA, ao invés de comete-los.
    

domingo, 25 de junho de 2017

ALGO QUE NÃO SE PODE EVITAR

 

ALGO QUE NÃO SE PODE EVITAR
Marcial Salaverry
 
Embora seja algo para não se desejar,
uma partida nem sempre se pode evitar...
Quando existe um sentimento,
surge o arrependimento...
E como isso pode acontecer,
quando se arrepender,
sempre se pode voltar,
para o amor não acabar...
E se isso acontecer,
para o amor se manter,
sempre com carinho
será o melhor caminho...


Marcial Salaverry

PARA AMAR SEM DESCULPAS

PARA AMAR SEM DESCULPAS
Marcial Salaverry

No amor não existem culpas,
nem é preciso pedir desculpas...
Quando se ama de verdade,
e se deseja felicidade,
apenas há que se pedir
o que puder vir,
principalmente reciprocidade,
do que o amor tem necessidade...
Se queres de verdade amar,
queira apenas muito beijar,
pois o amor está a lhe esperar,
e certamente com nada a desculpar,
além do amor a se desejar...


Marcial Salaverry

ENTENDER O AMOR É O QUE DESEJAMOS

Tentar entender o amor, é algo completamente
fora de entendimento...
Entendeu? Não? Nem eu...
Osculos e amplexos,
Marcial
ENTENDER O AMOR É O QUE DESEJAMOS
Marcial Salaverry

Entender o amor é algo muito desejado e sempre tentado, por ser realmente muito tentador tentar entender o amor, o que certamente é uma das 10 melhores maneiras de fundir a cuca de vez, pois o amor supera conceitos e preconceitos, e assim, explica-lo, é algo praticamente impossível. Um certo poeta tentou explicar, e chegou a esta conclusão:

"O QUE É O AMOR?
Marcial Salaverry

Pergunta sem resposta...
O amor é isso, o amor é aquilo...
É um não sei o que, que vem não sei de onde,
e nos faz fazer sei lá o que...
O certo, é que o amor na verdade,
é um pouco disso, um pouco daquilo,
misturado com alguma coisa,
que faz com que alguém deseje alguém.
Faz unir pessoas diferentes,
enquanto separa semelhantes...
Coisa inexplicável, mas que todos querem...
Amor, é uma coisa realmente maluca,
que endoidece também...
Não se explica, apenas se sente...
Quando se ama, e se é amado, é o mais lindo presente...
É querer  estar acompanhado,
é ter aquele alguém especial, sempre ao lado...
Pode ser até mesmo no virtual,
que deixa qualquer um maravilhado...
O amor é sensacional, quando se está apaixonado.
Então, o amor é isso, é aquilo...
Não me deixa preocupado tentar defini-lo...
Basta vivê-lo, e ter ao lado,
seja no real ou no virtual,
a presença do ser amado.
Será isso normal?

Uma explicação perfeitamente lógica, que pode dirimir quaisquer dúvidas que ainda possam existir em algumas almas mais descrentes.
O fato, realmente iniludível, é que ele existe. Parece ser um vírus que contagia pessoas menos prevenidas. Mas consta inexistir qualquer tipo de vacina. Então, mais vale simplesmente aceitar sua existência, e tentar curtir ao máximo quando ele aparece. Por vezes nos deixa de cama, quando ataca de uma maneira digamos, entusiasmante...
Como tentar entender um sentimento que pode unir pessoas que nada tem em comum, além do amor que as une? E pessoas que são totalmente compatíveis nada sentem uma pela outra? Tem explicação "semelhante isso"?
Por vezes encontramos casais completamente heterogêneos, mas que se amam, e vivem bem. Tem lógica? O amor ultrapassa barreiras de cor da pele, de idade, de religião, de rixas familiares, de distancia, de preferências sexuais ou futebolísticas. E até políticas.
Enfim, o amor deixa qualquer pessoa fora do juízo normal, e quem tenta explica-lo mais ainda.
Portanto, está aí o amor. Vamos esquecer tentativas de explicá-lo, mas vamos curti-lo o máximo possível, pois bem cuidado, não sofre desgaste. Portanto, use e abuse... E o seu prazo de validade é a duração da sinceridade com que é vivido, e assim, que o amor seja eterno, enquanto é terno...
E cuide bem de seu amor. Se deixar deteriorar, nem sempre encontra outro que o substitua à altura. E quando um amor tem seu prazo de validade vencido, faz uma falta doida, e precisa ser substituído com urgência, para que não se sofra de um mal chamado “carência afetiva”...
E com essas idéias, vamos curtir também UM LINDO DIA, e sempre com uma boa dose de auto amor, vamos repeti-lo sempre...

sábado, 24 de junho de 2017

UM MERGULHO NO PASSADO

Mergulhar no passado, para buscar
doces lembranças...
Como é bom faze-lo...
Faz bem para a alma...
Decididamente, recordar é viver...tudo de novo...

UM MERGULHO NO PASSADO
Marcial Salaverry
 
Como é doce mergulhar no passado,
rever o que para sempre ficou na memória guardado.
Sentimos uma estranha fascinação,
que nos faz bem ao coração...
Relembrar aqueles lindos sonhos,
e como nosso porvir era risonho..
Aquele primeiro beijo...
Quanta emoção...
O que foi sonhado,
lá ficou perdido no passado...
Algo foi tentado...
Nem tudo realizado...
Mas aos poucos, a dura realidade
mostrou ser mero sonho de felicidade...
Tudo mudou...
No sótão guardado ficou...
Mas... Que época feliz...
Tanto queríamos crescer...
E agora, se pudéssemos retroceder,
ao passado voltar,
iríamos tudo novamente sonhar...
"Que saudades que tenho,
da minha infancia querida..."
Realmente, os anos não a trazem mais...
Mas, como é bom recordar...
 

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS

PAZ... Simplesmente paz...
Seria tão simples...

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS
Marcial Salaverry

A meu Senhor,
rogo que neste amanhecer,
permita-me pedir pela paz,
pela sabedoria, pela força da alma..
Quero ter minha alma plena de amor,
para melhor olhar o mundo...
Quero ser paciente e compreensivo,
para olhar meus irmãos,
como Tu mesmo os olha...
Quero simplesmente ver a bondade...
Quero ficar surdo às palavras de calúnia...
Quero apenas pensar em coisas boas,
levando em meu espírito, nada além de bendições...
quero simplesmente transmitir minha energia interior,
a quem necessite minha força e meu amor...
Por favor Senhor, envolva-me com a beleza
do teu Manto Protetor, para que eu possa
mostrar ao mundo, o que é Luz, Paz e Amor...

Marcial Salaverry

SAUDADE DAQUELA AMIZADE

SAUDADE DAQUELA AMIZADE
Marcial Salaverry

 
Quando existe uma sincera amizade,
certamente a saudade existe em reciprocidade,
se acontece um afastamento...

Sem a presença amiga, a saudade está na alma,
querendo essa presença que alivia e acalma
a dor tão sentida dessa ausência...

Como não existe a presença, usa-se a imaginação...

E assim pode-se aquietar o coração...
 
Marcial Salaverry

COMO UM POETA PODE AMAR


COMO UM POETA PODE AMAR
Marcial Salaverry
 
Para o poeta amar,
tem que muito amor receber...
Tem que ser aceito de coração,
sem qualquer remissão,
ou mesmo condição...
É preciso que se sinta amado,
e não pode ser amarrado...
Não queira o poeta prender em laços,
mesmo que sejam os seus braços...
O poeta para amar,
quer sentir na alma esse amar...
Quer com calor te beijar,
e teu corpo acariciar...
Quer sentir-se em liberdade,
para amar de verdade...
Não se põe seu coração
sob a força de um grilhão...
Faça com que ele sinta que seu amor é de verdade,
e saiba dizer que ele está em liberdade...
Liberdade para voar,
amar ou poetar...
Assim o poeta sabe amar...
 
Marcial Salaverry
 
 
 

A IMAGINAÇÃO PODE ELIMINAR A DISTANCIA

Sabendo bem usar nossa imaginação, ou nossas
recordações, podemos sentir junto de nós uma
pessoa querida que esteja distante, podendo assim,
eliminar essa distancia...
Osculos e amplexos,
Marcial

A IMAGINAÇÃO PODE ELIMINAR A DISTANCIA
Marcial Salaverry
Para que se possa eliminar a distancia que nos separa de alguém cuja presença desejamos, é preciso que se consiga usar a imaginação, para sentir perto quem está longe, e na verdade, pode parecer insana essa história de sentir junto de nós, alguém que esteja fisicamente longe, mas é preciso analisar que existe uma coisa muito interessante, ou seja, a capacidade que temos de conseguir trabalhar com a imaginação, e usando-a bem, realmente poderemos sempre sentir perto de nós a presença de pessoas queridas que, por circunstâncias diversas, estão longe.
Na realidade, não é preciso ficar perto, para estar junto, basta chegarmos à conclusão de que a distancia nada mais é do que algo que separa os corpos, e jamais as almas. Assim, se existe uma afinidade espiritual, sempre sentimos as pessoas amigas perto de nós.
Imaginemos duas pessoas que se amam, mas que por circunstâncias diversas não podem estar juntas, e isso é algo que pode tornar impossível esse amor, ficando no ar a pergunta:  "Será impossível amar-se sem que se tenha o contato físico, o olho no olho, mão na mão?" Penso que não, pois se assim fosse, a história (e a estória também), não registraria tantos casos de amantes que, mesmo separados, continuaram se amando. Pelo contrário, a distância aumentou mais ainda o sentimento que os unia.
Temos uma grande aliada, que é nossa imaginação, e além dela, temos também as lembranças, e com certeza, lembrar dos momentos felizes já vividos, faz com que consigamos suportar as ausências mais prolongadas.  Basta que não deixemos a tristeza tomar conta de nossos pensamentos.
Seja um afastamento temporário, seja um definitivo, basta fechar os olhos, e deixar fluir nossos melhores pensamentos.  Se a concentração mental for bem forte, chega-se mesmo a "ver" a pessoa amada ao lado.  Existe mesmo quem seja capaz de conversar com esse ente querido.  Imaginação ou poder de concentração?  Existem controvérsias, que não adianta discutir, pois cada qual tem sua maneira de ver e sentir a vida...
As ausências ou perdas não devem ser lamentadas.  Uma lamentação traz à tona pensamentos tristes, e estes devem ser, se não deletados, pelo menos arquivados. Devemos, isto sim, "puxar" as alegrias vividas juntas.
E quando ainda não houve o contato físico?  Quando são apenas conhecimentos virtuais? Um amor à distância? Bem, nesse caso é necessário mesmo que se tenha muita imaginação, muito poder de pensamento, pois não há do que se lembrar, já que ainda não foram vividos momentos de ternura e carinho que possam ser lembrados.  Apenas existem palavras de carinho trocadas. E as palavras por mais doces que sejam, nem sempre são sinceras... É bem verdade que nem mesmo apaixonados beijos trocados podem ser sinceros, mas sempre servem como fator de lembrança, como ponto de apoio para a imaginação trabalhar.
E, desde as mais priscas eras, sempre se amou à distância.  Aquelas lindas e melosas cartas de amor que por vezes levavam semanas para chegar, trazendo as palavras da pessoa amada, agora chegam em segundos, via Internet.
Ama-se muito, mas também brinca-se muito.  Mas seja amor, seja apenas uma paquera passageira e inconsequente, seja uma sólida amizade, sempre podemos "ver" ou "sentir" a presença ausente, usando nossa imaginação, nosso poder de pensamento, que poderá estar vivo, enquanto vivos estivermos.
Assim sendo, podemos concluir que o pensamento amigo é na verdade aquele que diz que,   "Não é preciso estar perto para ficar junto, basta estar do lado de dentro", certamente é algo que deve mesmo ser bem considerado.

Assim sendo, minhas queridas crianças, recebam meus ósculos e amplexos, como se os estivesse dando pessoalmente, e, junto com eles, recebam meus mais sinceros desejos de  UM LINDO DIA, sempre imaginando de que podemos faze-lo a cada dia de nossa vida...
                        

sexta-feira, 23 de junho de 2017

TÔ SÓ IXPRICANDO, ARAVEJASÓ

Aravejasó... Muié é bichu cumpricado mezzz...
Dasveis a genti tá cheiu das boatenção, i elas marda as coisa...
Adispois cando noi si arrependi, elas achuruim...
Osclis i amprexis,
Marcial

TÔ SÓ IXPRICANDO ARAVEJA SÓ
Marcial Salaverry
Mai kikoisa sô,
cê tá quereno sabê
di vredadi o minhas idéia mais ocê...
Socê duvida das minha intenção,
tô ixpricando, araveja só...
Craru que são as maismió possíver,
 carquipodia havé disê?
Tava quereno icocê pra cidadi,
pra modi océ iscoiê
seu vistidin di chita,
pra modi usá nus casorio...
Ucocê tavu pensanu?
Côquiria fazê arguma marvadeza?
Mainunquinha,
sá Mariquinha...
Minhastenção são tudu séria...
Já inté co teuspai falei...
I ele otorizô...
Diz qui noi podi si casá
inté minhã mermo...
Acumé cocê podia pensá
as coisa errada, araveja só...
Gora qui foi cocê mi ofendeu ieu...
Mai tem nada não...
Tiquero ansin mêmo...
Adisconfiada, arredia,
mai moça séria i di respeitu...
Pra sê minhamuié,
si casá mais ieu,
tem que sê ansim...
Noi vai sê filiz inté u fim...
Gora, muié... bejeu, beja, vá...
Totar...noi vai si casá...
Inté qui já podi si bejá...

AMOR SENTIDO NA ALMA

 

 
 
 
AMOR SENTIDO NA ALMA
Marcial Salaverry
 
O amor é sentido na alma,
alma que vibra com o amor,
amor que faz bater o coração,
coração que bate forte quando ama,
ama, porque é amado,
é amado porque sabe viver o amor,
amor com que sonhamos,
sonhamos que estamos amando,
amando com delirio e tesão,
tesão sentido no desejo de te amar,
amar com sentimento, e consentimento,
consentimento dado com a alma,
alma que sente o sentido do amor...


 

APRÉS LA LIGNE DE L'HORIZON // ALÉM DA LINHA DO HORIZONTE

Sempre é preciso considerar como nossa
meta, aquela linha limite que o Amigão
nos mostra... A Linha do Horizonte...

APRES LA LIGNE D HORIZON
Marcial Salaverry

Combien de gens passent leur vie sans la voir,
Sans même percevoir
La merveilleuse beauté
Que recèle la nature… ;
Sans même remarquer
Combien il y a de choses à aimer ?...

Ils passent leur vie simplement,
Sans la vivre entièrement,
En s’intégrant au paysage,
Sans ressentir la beauté de ce voyage…
Sans percevoir combien il y a de vies
Cherchant à être vécues…

Il y a tant de belles choses dans le monde
Qui peuvent nous donner un plaisir profond…
Qu’avec tout cela, nous pouvons écrire un poème ;
Sans penser au triste dilemme
Que beaucoup d’entre nous avons à faire,
Pour réussir à survivre…

Il faut ouvrir les yeux pour la vie,
Pour avoir la nécessaire survie…
Il faut voir plus loin que la ligne d’horizon,
Et non pas juste le mur que nous avons devant nous…

Marcial SALAVERRY
ALEM DA LINHA DO HORIZONTE   
Marcial Salaverry

Quanta gente passa pela vida sem a ver...
Sem sequer perceber
a maravilhosa beleza
que se encerra na Natureza...
Sem sequer notar
quanta coisa há para amar...
Passa pela vida simplesmente,
sem vive-la inteiramente...
Integra-se à paisagem,
sem sentir a maravilha desta viagem...
Sem perceber quanto há de vida
pedindo para ser vivida...
Quanto existe de belo no mundo,
que nos pode dar um prazer profundo...
Que de tudo podemos fazer um poema,
sem pensar no triste dilema
do muito que temos pra fazer
para que possamos ao menos sobreviver...
Há que se abrir os olhos para a vida,
para que tenhamos a necessária sobrevida...
Há que se ver além da linha do horizonte,
e não apenas a parede que temos defronte...

Marcial Salaverry
 

É BOM AO MENOS PENSAR NO AMOR

Aproveitando o fato de estarmos vivos e para acalmar os espíritos,
apesar de tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo, vamos
pelo menos pensar em uma romantica visão do amor...
Vivamo-lo, pois...
Osculos e amplexos,
Marcial

É BOM AO MENOS PENSAR NO AMOR
Marcial Salaverry

Algo que certamente todos estamos de acordo, é a verdade que diz que o amor é um sentimento que merece sempre profunda reflexão, pois as fantasias  no amor são exploradas no pensamento, e, enquanto as sensações de amor nos tocam, nada consegue nos ferir,  porque a alma está em transe, como que adquirindo uma forte luz, e essa luz ofusca qualquer dor ou amargura, o que pode não ser totalmente real, e assim, vamos tentar pensar com seriedade sobre o assunto.

Podemos dizer que ele funciona como um escudo protetor, enquanto estivermos amando. Realmente,  é muito  bom amar, pois amando, queremos a todos fazer felizes, principalmente a nós mesmos e a quem estivermos amando, e assim, somos capazes de entender as mais  loucas atitudes, aceitando  possíveis desditas, com  o amor  sempre tudo encobrindo, enquanto conseguirmos expressar  e sentir o amor que levamos em nosso interior. Assim sendo, nessa entrega conseguimos mesmo passar para a alma todo o calor que estivermos sentindo na fusão dos corpos em delírio, e certamente não conseguiremos tolerar qualquer separação, que será como  um martírio, eis que sempre desejaremos sentir a presença ausente.

E enquanto estamos nesse doce amar,  somos capazes de ao nosso amor tudo entregar, e, sem sequer parar para pensar, entregaremos o corpo, o coração, a alma, e mais o que for necessário para provar o alcance de nosso amor.  A necessidade de demonstrar a força desse  nosso sentir,  nos leva a algumas loucuras por vezes, e em troca, apenas exigiremos reciprocidade, pois sabendo-nos amados, tudo se acalmará.

Os problemas como que desaparecerão.  As tormentas, os pesadelos,  as desditas, não mais existirão, persistindo  apenas, os doces momentos de amor, que desejaremos sejam eternos.  Mas,  infelizmente,  é quase impossível  que o sejam.  Não se pode ter tudo como queremos, e precisamos entender que o amor é eterno, enquanto é terno, entendendo que sempre surgirão contratempos que poderão gerar ansiedades, dúvidas, e quando tais problemas  vierem nos procurar, deveremos ter forças para superá-los, lembrando dos instantes da doce entrega, e assim,  sequer perceberemos o que a vida encerra, em termos de dúvidas e incompreensões.

Sempre  deveremos seguir nossos instintos, sabendo que olhar para o amor é a única coisa certa, nessa paixão que  nos consome intensamente.  A entrega deverá ser total, para manter sempre o clima de amor, que será como uma luz nos guiando. Essa luz vem da nossa própria alma, concentrada em sentimentos profundos, dominada e quase cega em sua loucura, gerando um calor mágico e inesquecível.

Assim é o amor de verdade.  É um  doce sentimento, que não fala em sofrimento, e que só fala em carinho e, quando em nossa alma o amor é realidade, estaremos encontrando o caminho da felicidade.

O amor sempre quer a presença da pessoa amada.  Se não a temos ao lado, sempre vem uma doce saudade, pois só queremos, na verdade, ter a  presença querida ao nosso lado, mas  se não for possível, sempre nos restará sonhar, enlevando-nos com as doces lembranças dos momentos vividos juntos, perenemente em nossas lembranças.

O amor, sempre estaremos em sua busca incessante.  O mais importante é saber mantê-lo, quando o encontrarmos.
E assim, conseguiremos sempre fazer de cada dia, UM LINDO DIA.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

DIVAGACIONES

 
DIVAGACIONES
Marcial Salaverry
 
Y asi, en tus divagaciones,

entregáte a tus emociones,
y deja sentir la emoción,
que llena de amor tu corazón...

OFERECENDO O SOL E A LUA


OFERECENDO O SOL E A LUA
Marcial Salaverry

Oferece-se o sol,
quando alguém está no coração,
trazendo uma quente emoção...
Oferece-se a lua,
quando a amada aparece nua...
São presentes oferecidos,
por amores acontecidos,
e nessa troca de presente,
é o amor que está presente,
quando estão juntos os amantes,
vivendo momentos delirantes...
Com amor, são os beijos sentidos... 

São beijos com sentido e consentidos,
e que não chegam a tirar os sentidos...
São beijos pelo amor permitidos...

Marcial Salaverry

EXISTEM COISAS QUE PODEM NOS LEVAR ÀS LÁGRIMAS

É certo que existem coisas que podem
nos levar às lágrimas...
Que motivos podem nos fazer chorar
por algo ou por alguém?
Osculos e amplexos,
Marcial

EXISTEM COISAS QUE PODEM NOS LEVAR ÀS LÁGRIMAS
Marcial Salaverry

Não existe a menor sombra de dúvida, de que existem circunstâncias que podem nos fazer chorar, embora muitos desavisados considerem lágrimas como um sinal de fraqueza, mas o que as pode provocar, pode ser uma grande alegria, uma grande emoção, uma grande tristeza, uma dor profunda, tudo depende da sensibilidade da alma, e até mesmo do momento que estivermos vivendo, pois se estivermos melancólicos, propensos às lágrimas, até um por do sol muito lindo poderá nos fazer chorar. Ou uma música, ou um poema, algo que atinja nossa sensibilidade.

Também podemos chorar por saudade.  Alguém muito querido que partiu. Mas nesse caso será melhor nos escudarmos nas boas lembranças, que poderão, se não evitar, pelo menos  minimizar a dor pela ausência.  Essa terapia faz muito efeito, pois lembrar momento felizes que foram vividos juntos, parece que nos faz sentir a presença de quem está ausente. O importante é não nos deixarmos dominar pela dor, procurando substitui-la pela alegria que um dia existiu. E isso ajuda realmente.  Pode não ser muito fácil faze-lo, mas é um excelente exercício mental.

Podemos igualmente chorar quando alguém nos faz sofrer.  Por exemplo alguém a quem amamos e que nos rejeita.  Seja um amor, um filho, um amigo, enfim, alguém que apreciamos, e que parece não retribuir esse sentimento, mas na verdade, nesses casos, não vale a pena chorar. O melhor é devolver a mesma frieza, tendo sempre em mente que ninguém merece nossas lágrimas, pois as únicas pessoas que realmente as  merecerem, nunca nos farão chorar. Pelo menos, não voluntariamente.

Um sentimento de amor, de amizade, de carinho, geralmente só provoca lágrimas de emoção, de alegria, nunca de tristeza.  Havendo essa reciprocidade, até mesmo eventuais ausências poderão ser superadas.
L’Inconnu mostrou-me uma mensagem interessante, que diz  o seguinte:
"Se você ama alguém, coloque seu nome em um círculo, ao invés de um coração. Corações podem se quebrar, mas círculos duram para sempre."

Quando estamos necessitando ser ouvidos, apenas os verdadeiros amigos nos ouvirão.  Apenas quem realmente nos aprecia será capaz de nos acudir em nossos maus momentos, sejam eles quais forem.  Muitas vezes, chegam a ouvir o que pensamos.  Essas são as reais amizades. Não precisamos pedir socorro,  elas nos socorrem antes.  E dessa mesma maneira deveremos agir quando a situação for inversa.

Não deveremos demonstrar raiva, mesmo que a sintamos.  A raiva é má conselheira.  Antes de nos deixar levar por sua negatividade, deveremos ponderar bem a situação, procurando ameniza-la o mais possível.  Evitando uma explosão de momento, tudo parecerá menor depois.  Muitas amizades, muitos amores, são perdidos por uma explosão de ira num momento inadequado. Uma amizade assim perdida, dificilmente será recuperada, pois as sequelas provocadas nem sempre encontram lenitivo.

São essas as perdas, cuja lembrança poderá provocar nossas lágrimas depois.  Principalmente ao chegar à conclusão de que aconteceram por um momento de destempero que tivemos, ao cortar bruscamente vínculos afetivos plantados durante muito tempo, e assim, sofremos e fazemos sofrer, somente por uma questão de orgulho ferido que eventualmente pode ter provocado nossa ira.  Soltamos os “bichos” impensadamente, e depois não os conseguimos repor nas jaulas, perdendo uma amizade que nos era muito cara.

Enfim são muitos os motivos que podem nos fazer chorar.  E uma coisa é certa.  Seja por qual motivo for, ao sentir aquele nozinho na garganta, não se segure, “deixe as águas rolar”, pois é muito melhor um desabafo do que segurar uma emoção que está lá dentro, doidinha pra sair.

Bem, para evitar tudo isso, o melhor mesmo é procurar sempre fazer de cada dia,  UM LINDO DIA.

A BELEZA DA MULHER INTORE


A BELEZA DA MULHER INTORE
Marcial Salaverry
 
Chamam-se INTORE os naturais da Provincia do Kivu no Congo.
Dentre as diversas etnias que habitam o Congo, são os mais civilizados e desenvolvidos.
Desse povo, dessa região, guardo as melhores recordações de minha estada no Congo,
como bem lembro no livro UM BRASILEIRO NA ÁFRICA.
Osculos e amplexos,
Marcial
 

 

A BELEZA DA MULHER INTORE
Marcial Salaverry

Em andanças por território africano,
posso dizer sem qualquer engano,
que a mais pura beleza,
é com toda a certeza,
a mulher da raça Intore...
Pertence à mais alta estirpe africana...
Rosto de beleza clássica,
traços finos e delicados,
como se trabalhados
com arte e esmero...
Seu corpo esguio e flexível,
move-se com a graça de uma pantera...
Seios na medida exata,
pernas longas e bem torneadas...
Algo para ser apreciado e admirado,
como se faz com uma obra de arte.
Autêntica e viva escultura,
seus olhos negros e seu sorriso alvo,
denotam a malicia e a sensualidade
que lhe é peculiar...
Essa é a mulher Intore...
Para apreciá-la em sua dança selvagem e sensual,
basta ir até a Província do Kivu,
no Congo-Kinshasa...
O bailado Intore é o comité de recepção
no aeroporto de Goma.
E é lindo demais...
Testemunhei ao vivo e a cores...

Marcial Salaverry

quarta-feira, 21 de junho de 2017

É TRISTE A FALTA DE AMOR

É TRISTE A FALTA DE AMOR
Marcial Salaverry

Por vezes  dá vontade de procurar uma ilha deserta para viver em paz,
devido à violencia provocada pela falta de amor na humanidade,
pela falta de respeito pelos direitos alheios...
Sem falar na corrupção que atinge seu grau máximo....
São coisas que entristecem a mais empedernida das almas, por ser algo
que mostra o desprezo com que é tratada a vida humana.

Marcial Salaverry

VAMOS A PAZ IMAGINAR

VAMOS A PAZ IMAGINAR
Marcial Salaverry

Vamos a Paz imaginar,
desenvolvendo a arte de amar... 
Imagine o quão bom seria,
se houvesse paz no  mundo...
Como? Não sabe o que é paz?
Claro, é difícil atualmente,
imaginar o que isso quer dizer...
Paz, minha jovem, meu rapaz,
é algo que só bem nos faz...
Ao invés de abrigos anti-bombas,
plantamos árvores, jardins,
fazemos creches e parques,
para que nossas crianças,
não fiquem só com lembranças,
do que seja a beleza
inenarrável da Natureza...
Paz, minhas crianças,
não é fruto da tecnologia,
que se nossa vida melhorou,
seu fim apressou...
Paz não poderá existir,
enquanto a humanidade persistir
com a idéia de só pensar
em destruir, em matar,
aos outros e a si própria...
Para se obter paz, só na eventualidade,
de se pensar um pouco na felicidade,
da célebre frase de Jesus:
"Amai-vos uns aos outros,"
e não, Matai-vos uns aos outros...
Paz, será apenas uma utopia,
ou será que a teremos algum dia?
Obte-la deverá ser um desejo profundo,

antes que consigam acabar com mundo...

COMO OS ANIMAIS // COMO LOS ANIMALES

COMO OS ANIMAIS
Marcial Salaverry
 
Homens, sejam
como os animais...
Eles só matam
para comer,
jamais por
um sujo prazer...
 
COMO LOS ANIMALES
Marcial Salaverry
 
Hombres, sean
como los animales...
Ellos solo matan
para comer,
y jamás por
un sucio placer...
 

UM NOVO AMOR DE VERDADE

 


UM NOVO AMOR DE VERDADE
Marcial Salaverry
 
No badalar suave do sino,
perde-se o tino,
comete-se um desatino...
Com seu suave toque,
que não pede retoque,
o sino provoca um doce gemido,
lembrando o amor nascido...
Coração ficando quente,
o sentir fica quase demente,
e já é uma questão de mente...
Mas é amor, simplesmente,
é um amor de verdade,
feito de felicidade...
E se de outro amor

que na alma deixou calor,
fica uma certa saudade,
na verdade não existe falsidade,
pois este novo amor é de verdade...
Não tem facilidade,
mas muita comunicabilidade...
Quando a noite chegar,
será a hora para se amar...
Para muito se beijar,
grudar-se num quente abraço,
sem deixar aquele amasso...
E assim um velho amor é esquecido,
com esse novo amor nascido...

A FALTA DE AMOR PROVOCA O CAOS


Por vezes  dá vontade de procurar uma ilha deserta para viver em paz,
devido à violencia provocada pela falta de amor na humanidade,
pela falta de respeito pelos direitos alheios...
Sem falar na corrupção que atinge seu grau máximo....
Osculos e amplexos,
Marcial

A FALTA DE AMOR PROVOCA O CAOS
Marcial Salaverry

Para confirmar, basta acompanhar o que nos diz a imprensa falada e escrita, que chega a ser algo que nos tem assustado, e nos mantido em alerta hoje em dia, e a causa é essa situação de violência que a Imprensa noticia à larga, e que nós, infelizmente, sabemos ser mais do que real, e acompanhamos seu crescimento verdadeiramente apavorados...

Muita gente tenta explicar as causas dessa coisa toda, o porque da violência estar correndo solta, mas é algo que não tem explicação, e bem analisando, podemos constatar que a real causa desse caos, é um Código Penal totalmente sem sentido, que garante a impunidade de quem deveria ser punido.

O problema está não somente nos atos de banditismo, de que todos nós temos pleno e total conhecimento, tais como assaltos, sequestros, etc.,  mas o que assusta e muito, é a violência que ocorre dentro dos lares, com agressões de pais contra filhos, maridos contra esposas (e vice-versa), filhos contra pais, e por aí afora, coisa  provocada pela falta de amor e de humanidade, e pela falta de uma legislação adequada que possa garantir que tais atos sofrerão punição adequada a cada caso.

Considerando que a família deveria ser a base de tudo, diante de coisas como essa, ficamos sem saber o que esperar do futuro de quem começa desde a mais tenra idade a ver, e sentir a violência dentro de sua casa, e sobre essa falta de amor, encontrei um pensamento de nosso amigo L’Inconnu, que me pareceu adequado para comentar, esperando de coração que não seja só decoração.  Trata-se do sentimento mais desprezado e vilipendiado nestes últimos tempos: O AMOR.

"O amor é essência da Vida e como a humanidade o está esquecendo, o mundo está caótico".
Realmente esse artigo anda em falta no mercado.  Claro  que não estou falando do amor físico, ou seja, o sexo, pois esse anda em alta.  Só se fala nele.  Até quem não é chegado, diz que é, só para não ficar fora de moda. Pode-se dizer que é o esporte da moda.  Todos querem ser os Campeões, embora possa ser um esporte caro...

O artigo carente, até que não é caro.  O amor não custa nada.  É só uma questão de sentimento.  Precisamos olhar para outras pessoas com o olhar interior, e não somente pensando sobre qual vantagem podemos tirar desse relacionamento.  Muita gente encara o amor como uma brincadeira, não o levando a sério, e por vezes provoca algum sofrimento por uma atitude inconsequente.

Crianças, o amor não custa nada, repito.  É só um sentimento que algumas pessoas privilegiadas tem condição de sentir sem ficarem envergonhadas. Sim, tem muita gente que não gosta de assumir que tem amor e bondade no coração,  pois acha que os outros vão chamá-lo de babaca, e ficam negando de pés juntos que sabem e podem amar, sofrendo com isso.  Principalmente esse amor espontâneo que sentimos por pessoas que mal conhecemos, mas que souberam despertar um sentimento de carinho em nosso interior.  Um amor fraternal.  Gostamos e pronto.

Proponho uma campanha para o resgate do amor fraterno.  Alguns perguntam: E aqueles que querem nos ferrar?  Azar deles, ora.  Se não tem capacidade de amar, ou se não conseguem enxergar, ou admitir, que são capazes de sentir esse sentimento tão "vergonhoso", repito que o azar é deles.  Devem procurar fazer uma boa auto análise, para ver o que está de errado dentro deles, e que os impede de descobrir o amor.
É certo que quem conseguir desenvolver esse sentimento interior tão gostoso, tão pleno de bondade, não conseguirá ser violento.  A violência é provocada pelo desamor, pela falta de respeito, pela falta bom senso e de amor à vida.

Muitos dirão que a bebida é a principal causa dessa violência doméstica. Ao embriagar-se, a pessoa demonstra que não é capaz de amar nem a si própria...

Se cada um se ocupar em fazer sua parte, a "doença" poderá se propagar.  Então crianças, vamos espalhar essa moléstia, somente lembrando uma frase dita por Alguém muito especial: AMAI-VOS UNS AOS OUTROS...  Que tal ?  A frase é nova, mas acho que apropriada...

E certamente é o modus vivendi ideal para quem deseja fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA...
 

terça-feira, 20 de junho de 2017

AMOR POR INTEIRO

 
AMOR POR INTEIRO
Marcial Salaverry

Um amor assim por inteiro,
com tanto carinho doado,
será um amor verdadeiro,
será um amor apaixonado...


Marcial Salaverry

A (QUASE) SEMPRE OLVIDADA VERDADE

Pra dizer a verdade, acho que ninguém diz sempre a verdade...
Osculos e amplexos (verdadeiros...)
Marcial

A (QUASE) SEMPRE OLVIDADA VERDADE
Marcial Salaverry
Uma verdade que precisa ser dita, é que nem sempre se pode dizer uma verdade verdadeira, embora desde que somos crianças, algo que sempre procuram nos ensinar, é que nunca devemos mentir, que só devemos falar a verdade, pois é muito feio mentir, mas por vezes, o que fazemos é omitir a verdade, o que não pode ser considerado mentira... Ou pode?
Até contam a história de um certo Pinoquio, cujo nariz crescia a cada mentira contada. Tremenda mentira essa, pois se verdade fosse, qual seria o tamanho do nariz de nossos políticos?
Na verdade, o que mais vemos pela vida afora são pessoas que, para não dizer que mentem, dizemos elegantemente que não seguem estritamente a veracidade dos fatos, omitindo certos detalhes que podem ser inconvenientes se trazidos à luz da verdade. Em resumo, MENTIRAS, principalmente quando se referem a certas contas bancárias no exterior, que nunca foram abertas,  mas que existem... Onde está a verdade?
Sempre estamos convivendo com distorções da chamada verdade.  Experimentem fazer uma tentativa, ou seja, ficar UM DIA, apenas um dia que seja, sem dizer uma única mentira, por menor que ela seja.  Mas sejam sinceros, não mintam...E confirmem se conseguiram...
Seja para justificar um pequeno atraso, quando dizemos que houve congestionamento de transito, ou pneu furado, ou qualquer outra história que nos ocorra no momento, mas jamais diremos que perdemos a hora porque dormimos demais, que seria a verdade verdadeira...
Quando deixamos de fazer algo que nos pediram, nossa criatividade é realmente posta à prova, pois não nos faltarão desculpas as mais esfarrapadas possíveis. Mas dizer simplesmente: "Esqueci, desculpe-me..." não se diz. Ninguém gosta de admitir que cometeu o "crime do esquecimento".
Se for pessoa de mais idade, o perigo é maior, pois poderá ser falsamente considerado esclerosado. O que será mais uma mentira.

Enfim, verdade seja dita,  não faltam "justificativas", quando o mais honesto e correto seria admitir nossas falhas, porque afinal somos humanos, e como tal, sujeitos a erros, esquecimentos e mais uma porção de coisas que ninguém gosta de admitir.  Julgar que somos infalíveis, é a maior de todas as mentiras que nos dizemos...
Uma bela definição sobre verdade pode-se ver nesta citação de Khalil Gibran Khalil:
"A verdade de outra pessoa não está no que ela te revela, mas naquilo que não te pode revelar."
Portanto, se quiseres compreendê-la, não escutes o que ela diz, mas antes, "capte" o que não diz, eis que é preciso mesmo saber ler nos olhos, ou na maneira de seu interlocutor falar, para que se possa "ler" a verdade verdadeira. É preciso que saibamos "entender" onde está a verdade naquilo que estamos ouvindo.
Outra verdade, é o fato de que muitas vezes temos que "falsear uma verdade" para não ferir alguém, e assim, quantas vezes deveremos dizer uma mentira piedosa, e não uma verdade nua e crua.  Quantas vezes estamos diante de alguém que quer nos dizer alguma coisa, mas por circunstancias diversas não pode ou não quer dizer a realidade dos fatos.  Nessas ocasiões, temos duas alternativas, ou "engolimos a pílula dourada", usando a política do "me engana que eu gosto", ou procuramos "ler" a verdade que nos está sendo escondida, mesmo que vá nos aborrecer...
Muitas vezes é mais gratificante "ler" a verdade, e deixarmos que pensem que estamos sendo iludidos.  Existem casos em que não é realmente bom que a verdade venha à tona. Tenho certeza de que todos já vivemos situações análogas.
Fica então a pergunta que mais vezes as crianças nos fazem: "Mas se papai está em casa, por que mandou dizer que não está?" "Por que papai não quis falar com aquela moça que telefonou?" "Por que nos dizem tantas mentiras, e quando mentimos, nos castigam?".
Em verdade (será que é mesmo?), sempre convivemos com mentiras, sejam pequenas, grandes, ou médias... Sempre será, pelo menos, um "falseamento da verdade". E sempre procuramos passar a imagem de que não mentimos, os outros nos mentem, nós apenas omitimos uma realidade detestável...
Claro que existem certas "mentiras necessárias", em situações  que a verdade apenas irá precipitar uma crise, ou piorar uma situação. Exemplo, um médico diante de um paciente terminal, cujo conjugue poderá não suportar saber que seus dias estão contados. Dizendo a tradicional "mentira piedosa", ou seja "ele está estável e melhorando...", poderá permitir que sua cabeça seja mais bem trabalhada para suportar a inevitabilidade do fato.
Existem muitas situações análogas, quando não é aconselhável dizer-se a verdade, essa pobre e tão reclamada verdade, sempre exigida nos outros, principalmente para as crianças, e que nem sempre empregamos.
Aliás, uma pergunta que não quer calar... Será que é de tanto ouvir os adultos mentirem, que as crianças gostam de mentir?

Sem poder dizer onde está a verdade, faço questão de, em verdade, desejar UM LINDO DIA, e isso, sem mentira nenhuma, é a mais pura verdade...

UMA PAIXÃO AUSENTE


UMA PAIXÃO AUSENTE
Marcial Salaverry
Estar longe de quem se ama,
é algo que o coração reclama...
É um triste lamento,
revelando um lindo sentimento...
Não chega a ser por ciúme,
é apenas um triste queixume...
É apenas o desejo
que se sente por um beijo...
É a forte vontade
de ter o amor ao lado,
beijando com calor apaixonado...
De ouvir o gemer desconexo,
de carinhos pedindo sexo...
De sentir como o calor da pele,
com desejo ao amor impele...
Quando a pele fica arrepiada,
ao sentir-se acariciada,
ao sentir-se beijada,
despertando essa paixão
que acelera o bater do coração...Que desperta esse sentir
de que não se pode fugir...
Que desperta as mais quentes emoções,
as mais gostosas sensações...
É um amor que não pode ser adiado,
algo que precisa ser completado...

Marcial Salaverry

segunda-feira, 19 de junho de 2017

SEMPRE UMA BELA MULHER

SEMPRE UMA BELA MULHER
Marcial Salaverry

Seja sempre uma bela mulher...
Falando em poesia, és mulher,
feita apenas de poesia,
delicada e feminina...
A beleza física fenece com o tempo...
A beleza interior é adquirida 
com o passar do tempo... 
É preciso cuidar do espírito, 
para sempre permanecer bela.
Saiba manter acesa a chama interior, 
para manter acesa a chama do amor.
Uma alma linda, 
atrai mais que um corpo bem feito...
Saiba se amar... 
Olhando-se ao espelho,
saiba dizer: EU TE AMO...
Essa a real beleza feminina...
Seja uma mulher especial,
que é aquela que por onde passa,
deixa marcas indeléveis,
é alguém de quem não se esquece...
Sempre será uma mulher especial,
que sabe marcar sua presença.
Mulher da Nova Era, 
abandonando a quimera... 
Ressurge pronta, reciclada... 
Obstáculos não teme,
e ante às dificuldades da vida não treme...
Sabe ser companheira, e seu grande "defeito"
é exigir sempre muito respeito...
Uma mulher totalmente, atraente,
Quer ser feliz, como toda mulher...
Quer felicidade, com um amor de qualidade...
Quer um amor conquistado, 
um coração apaixonado...
Mulher guerreira, mulher transparente,
quer amar e ser amada terna e eternamente...
Quer respeito como pessoa, e como mulher...

SAUDADE DE UM TEMPO QUE PASSOU

SAUDADE DE UM TEMPO QUE PASSOU
Marcial Salaverry

Quantas lembranças, velhas fotos revendo,
a saudade aperta, as lágrimas correndo,
recordações se avolumando,
e com saudade vamos lembrando...
Doces momentos,
hoje são lamentos...
Daquela felicidade, 
ficou a saudade...
Como era gostoso vê-la em seus folguedos,
quando se assustava, tirava seus medos,
sempre com uma brincadeira, uma piada,
e já te deixava sossegada...
Linda menina,
sua lembrança sempre me fascina...
Tempo feliz que não volta mais,
mas... esquece-lo, jamais...
Realmente, somos o arco que
lança as flechas para o mundo...
Crianças crescem, saem para o mundo,
mas a saudade fica bem lá no fundo...

Marcial Salaverry

SEMPRE SERÁ UMA QUESTÃO DE OPINIÃO

Temos nossa opinião sobre tudo, ou quase tudo na vida...
Apenas temos de analisá-la, para ver se é o jeito certo.
Meditar, analisar, e então executar, depois de considerar
possíveis alternativas...
Osculos e amplexos,
Marcial

SEMPRE SERÁ UMA QUESTÃO DE OPINIÃO
Marcial Salaverry

Certamente existe algo que sempre coordena nossa vida. É nossa opinião, nosso livre arbítrio, que nos faz decidir o que, e como fazer, como direcionar o rumo a seguir em nossa caminhada, contudo, é preciso con siderar que devemos sempre procurar alternativas, ouvir opiniões, pesar prós e contras, mas sempre deveremos ter nosso ponto de vista sobre o que vamos fazer. Ouvir opiniões, considerar opiniões alheias, é uma coisa, é sinal que sabemos usar o discernimento, mas a escolha final deverá ser nossa, e não será desdouro nenhum mudar de opinião quando julgarmos que nos seja conveniente faze-lo.

Realmente, somos livres pra escolher porém, como somos aprendizes em fazer tais escolhas, precisamos tomar certos cuidados para não nos deixarmos prender a elas, sem analisá-las detidamente, saindo da ignorância, e não nos prendendo a ela, destarte, é certo que atitudes ditadas pela teimosia, e não pelo bom senso, mostram alguma intolerância. Perseverança é uma coisa, teimosia é outra. Se alguém nos mostra que nosso caminho é errado, devemos parar para pensar e analisar. Levar algo adiante apenas "para não dar o braço a torcer", é sinal de ignorancia.

Sempre seremos responsáveis por nossas ações e antes de agir ou mesmo antes de pensar, podemos já ter feito escolhas entre diversas opções, mas deveremos ficar abertos a novas possibilidades, pois sempre alguém poderá nos mostrar algo novo, e talvez melhor. Há que se analisar as possibilidades, uma vez que não resta dúvidas de que as melhores escolhas são feitas quando conseguimos analisar todas as opções, entendendo que algo de novo sempre pode surgir. É preciso que saibamos nos colocar também do outro lado, para poder ter um enfoque melhor daquilo que pretendemos fazer. Sempre estamos sujeitos a novos aprendizados, a novas avaliações em nossas idéias, modificando-as se houver uma possibilidade de melhorar o caminho, ou as corrigindo se julgarmos melhor uma retomada de posição. Sempre é bom aproveitar para aprender também com a experiência alheia. Assim, desde que possamos nos colocar no lugar do outro, poderemos aprender, e quem sabe, aperfeiçoar nossas idéias, sempre tendo presente que duas cabeças podem pensar melhor do que uma, ou não, e é exatamente essa alternativa que precisa ser analisada detidamente...

Precisamos sempre ter presente que as opções que conhecemos não são as únicas, e é por isso que precisamos de amigos, que poderão nos trazer outras opções para nosso desenvolvimento, sabendo entender que a característica principal da amizade é a possibilidade de facilitar as coisas para as pessoas que sabem manter a mente aberta para novos conhecimentos, desenvolvendo melhor seus projetos.

Efetivamente, somos responsáveis por nosso pensamento, e nosso destino, mas não será mostra de irresponsabilidade o fato de nos basearmos em opiniões alheias, pois, na realidade, a escolha foi nossa, e se houve influência é porque permitimos que ela existisse da maneira que ela existiu e da fonte de onde ela partiu. Foi por nossa escolha mesmo a ajuda escolhida e poderemos  mudá-la, segundo for mais conveniente, e isso é válido não apenas nas questões da vida em si, mas também certos preconceitos que norteiam nossa vida, é algo que depende de nossas próprias escolhas.

Preconceitos que poderão nos levar a algumas atitudes erradas, porque nos deixamos dominar por idéias preconcebidas, ao invés de pensar com a alma solta.

Podemos ou não achar que será melhor conhecer algo a partir da experiência de outra pessoa, mas não podemos nos esquecer de que que somos livres para experimentar e examinar tudo, através de nossa experiência pessoal. Com toda a certeza, sempre que nos negarmos a novas experiências, nos bitolamos em idéias que talvez sejam ultrapassadas.

Só poderemos saber se será válida ou não uma mudança, se a estudarmos devidamente, e mesmo assim constatarmos que nosso pensamento é realmente o melhor a ser feito. Nesse caso, poderemos continuar pelo mesmo caminho, pois temos todo direito à liberdade de atos e opiniões, e isso é determinado pela força criadora que todos temos dentro de nós.

Podemos e devemos nos sentir livres para examinar as possibilidades, chegando às nossas próprias conclusões. E se os fatos constatados nos levarem a mudar projetos, isso não significa que não soubemos planejar, mas sim, que tivemos o bom senso para usar nosso livre arbítrio, mudando algo que não estava certo. É onde não cabe a teimosia de pessoas que jamais mudam de opinião, mesmo vendo a casa cair, pensando estar defendendo sua personalidade. Na realidade, apenas estão sendo teimosamente ineficientes.

Bem a propósito, um pensamento de L'Inconnu, que cai como uma luva...
"Ainda que seguindo opiniões diferentes das suas próprias, isto não distancia a pessoa de você, somente agrega novas opções que você pode usar se souber respeitá-las."
Algo que deve ser opinião unanime, é a necessidade de termos UM LINDO DIA, sabendo sempre repeti-lo.