sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Virada 2010/2011


Feliz Virada de 2010/2011 a todos os que me são importantes e queridos, ou seja, a você!

Mais algumas parcas horas e mais um ano acabou.
Acho que agora que consegui compreender que chegou o Natal, mas ele já acabou há uma semana.
Tudo passa tão depressa e a gente não consegue assimilar cada tempo, cada experiência.
Mas não há como mudar isto, o que há é que se comemorar o amor, a amizade, a saúde e tantas outras bênçãos que temos e sonhar, sonhar muito.
Sonhos que não sejam meras utopias e sim possíveis e passiveis de serem realizados. Possíveis por estarem ao nosso alcance e passíveis porque faremos nossa parte.
E neste novo ano que seja assim, sonhar, lutar e realizar. Estreitar ainda mais as amizades, amar e amar e acreditar que com Deus ao nosso lado seremos fortes, mesmo quando formos fracos.
Super beijo,

Teresa Azevedo

Receita Para Um 2011 Fantástico .

Receita para um 2011 Fantástico
Ingredientes :
1-Deus no coração
2-Fé
2-Esperança
Modo de Preparo :
    Peça ao primeiro ingrediente  , tudo que você  precisar  para viver   bem . Saúde , Paz , Sossego , Alimento , Roupas , Calçados , Alegria , Felicidade .Garanto que ele vai te dar tudo isso , que para ele não custa nada . O que importa é o amor para conosco .
     Use sempre o segundo ingrediente para fortalecer o primeiro . Nunca deixe  que nada  possa tomar o privilégio de perder esses ingredientes em 2011 e nem em toda a sua vida . Faça de tudo , mas não perca eles . Cuide desses ingredientes como sua mãe lhe cuidou quando bebê . 
     O terceiro ingrediente sustenta os dois primeiros e o segundo sustenta o primeiro . Que legal  não é ? . Mais o bom é que o primeiro me sustenta , sustenta você , sustenta todos nós e ainda sustenta esse mundo inteiro . Um simples ser que ninguém  consegue ver ELE com os olhos externos , e sim com os internos , que são os olhos do coração .
     Então pegue esses três ingredientes  , coloque na sua vida a partir e agora , caso você  ainda não tenha os três juntos .
    Basta fazer uma execução de uma vez só de todos .

Autor : WÁLYSSON   LUAN

Meu Contato : e-mail : luanamorim@hotmail.com
Site  : http://recantodasletras.uol.com.br/autores/walyssonluan
Blog : http://walyssonluancriate.blogspot.com/
Abraços a todos !!

UMA PROMESSA DE ANO NOVO



UMA PROMESSA DE ANO NOVO
Carmo Vasconcelos

Neste ano que ora nasce em fiéis celebrações,
Farei meu sacro juramento de secar
Prantos do velho ano, frustradas ilusões,
E uma promessa de jamais em vão me dar!

Aos tantos de alma dolorida me darei,
Tal os enfermos e sozinhos... neste amor
Que, por solene, avaramente resguardei
Para um ideal que merecesse o meu pendor!

Nesse escolhido rumo irá minha ânsia certa
Por um melhor mundo,  pacífico e fraterno,
Pra quem da vida só ganhou penas de inferno!

- Trazer à luz o Verbo Santo que desperta
Pra fatuidade de qualquer acto profano,
Será meu lema na jornada do Novo Ano!

***
31/Janº/2010



Mire-Se!!!

Albert Araújo meu espaço literário FILME DA POESIA A PROSTITUIÇÃO DA...

Merry Cristmas! - John Lennon

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

MDM - (MENTIRAS DO MSN)

Messenger
Esse tal de MSN
Virou uma fama danada
O povo está tudo on-line
Muitos não fazem mais nada
Mulher deixa queimar o feijão no fogo
Só para ficar conectada
...
Viram a noite o pessoal
Na rua o povo tudo sumindo
Não se ver mais gente em praça
O povo dentro de casa sorrindo
Nesse  tal de MSN
E os papos vão progredindo
...
O que me chama atenção
É as mentiras freqüentes
Pessoas dizendo que são católicos
Quando vai ver é um crente
Umas diz  que  é solteira
Mas é fogo que é muito quente
...
Vou contar  ao pessoal
Uns casos  que fiquei sabendo
Dessas mentiras no MSN
Que por aí estão acontecendo
Pode estar até dentro da minha casa
E eu ainda não estou percebendo
...
E o  tal de uns apelidos
Uns até sem noção
Dizendo : Gatinha  Sexy
Quando vai ver é um  camburão
Pesando mais de  cem quilos
Os seios arrastando no chão
...
 Tem uns senhores enxeridos
Desculpe-me aqui dedurar
Mas que vergonha danada
Vocês estão a passar
Dizendo que é uma  máquina
Mas  nem o bilau está a funcionar
...
E tem uns cabras safados
Dizendo sou “solteirão”
Quando vai se ver ta na cadeia
Por não ter pago a pensão
Filhos de cinco mulheres
E ainda  da uma de gostosão
...
Tem uns pivetes  danados
Dizem as mães que estão dormindo
Mas estão no MSN ,
Chega  estão sorrindo
Dizendo que tem vinte anos
E as meninas se exibindo
...
Pessoal   vou encerrando
Pois aqui  não é bom lugar
Para escrever o que bem quero
Nem toda a verdade posso falar
  citei algumas mentiras
Que neste MSN  estão a passar
...
Wálysson Luan Amorim

Pensamento> advinhação


img:google
O menino velho...

 Mal completa um ano
 Lá se vai o menino ,
 Era  novo ficou velho,
 Vai morrer, é seu destino
 Os ponteiros andam,
 É a lei do tempo,
 Vive para morrer,
 Morre para outro nascer...

 Quem  sou eu?

 FELIZ ANO NOVO PARA TODOS!

 Dora Duarte

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

VIVÊNCIAS ATIVAS


(IMAGEM DO GOOGLE)

Sentimentos, emoções, reações,
Explosões de corpos ardentes,
Experientes, reagentes, só sentem.
Movimentos coerentes e incoerentes,
Pulsam, expulsam, se atrevem
No deleitar de uma excitação.

Corpos molhados e excitados,
Embalados em pura emoção.
Tesão, crescente empolgação,
Ansiedade, respiração suspensa,
Âmago do puro êxtase,
Sentimentos de doce união.

Respiração acelerada,
Pulso com marcação rápida
Revelam estados de ativação
De nervos de várias partes
Do corpo em excitação...
Animado, inspirado, encorajado.

Órgãos alertas e ativados
Renovam-se, demonstram-se.
A vida se mostra exuberante.
Encanto, beleza e prazer
De uma ativa vida sexual,
Que renova vida íntima do casal.

ROSANA NÓBREGA

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Resposta aos Filhos

Vocês me perguntam sobre o caminho, mas que posso lhes dizer?
Eu só posso traçar o meu próprio caminho, cada ser humano só pode traçar seu próprio caminho, mesmo que se assemelhe a caminhos de outrem. E meu caminho é único, desde o início foi exclusivo. È assim, e sempre foi assim.
Mesmo que queiram escolher nosso caminho (e sempre querem!), a escolha final é nossa, só nossa!
Eu poderia lhes falar de tantas coisas, de Etiqueta, Comportamento, leituras mil, de Religião, de Cultura, Educação, do avançar e do retroceder; Poderia lhes falar dos tropeços e das inúmeras quedas, e do levantar e seguir em frente, poderia, enfim, lhes falar de tantas coisas... Mas sempre estaria falando de mim, sempre estaria falando do meu caminho, das imagens que coletei, das descobertas que fiz, das cores que minhas retinas obnubiladas, poluídas pelo tempo, captaram.
Jamais poderia lhes falar de suas escolhas, dos caminhos que irão trilhar por vontade própria.
Não! Mesmo que o quisesse, e este é o impulso, mesmo que o quisesse, a escolha seria, no final do dia, única e exclusiva de vocês, de cada um de vocês.
Não há responsáveis, e não há a quem responsabilizar por nossas escolhas.
Etiquetas, comportamentos, leituras, educação, religião. Mas, afinal, o que significam estes termos, senão a expressão clara de minha vontade sobre a vontade de meus semelhantes? Senão o desejo de que sejam cópias fiéis, acariciando meu ego vida adentro, gerações pós-gerações?
O que é “educar um rio”, senão retirar-lhe as curvas, para que siga sempre em linha reta? O que é “ajustar seu leito”, senão impedir que se espraie, deturpando assim sua natureza?
E mesmo assim ele avança! E mesmo assim ele insiste, persiste, avança e se espraia!
Para quê podamos uma árvore, senão na vã esperança de que se molde aos nossos padrões?
Mas seus galhos teimosos insistem, persistem, e invadem as ruas, entram pelos espaços abertos nos tantos e quantos muros, se acomodam entre os fios, e alçam aos céus, à busca da luz.
Os galhos vão à busca da luz, à sua maneira, não à nossa; Se esticam aos céus com seu jeito desengonçado de ser, naquele jeito maravilhoso de serem desengonçados, sem se importarem com nossas tesouras.
Não! Não posso lhes ensinar o caminho, não posso lhes sugerir um caminho. Posso, quando muito, e se tanto, lhes mostrar o caminho, lhes deixar sentir o pulsar de meu coração ao caminhar, respirar o perfume de minhas flores, visualizar as imagens que coletei.
– Mas serão sempre minhas imagens. Vocês irão captá-las à vossa maneira, com seus próprios olhos. Serão, portanto, vossas imagens do caminho.
Posso, isso sim, sentar-me ao vosso lado, na relva, e, em silêncio, olhar o céu, contar estrelas, testemunhar o raiar de um novo dia, de cada amanhecer.
Mas cada um de nós terá sua estrela, cada um de nós sentirá o perfume do campo à sua maneira.
Houve um tempo em que compreendia que podia aprisionar o rio, moldar a árvore, mostrar a alguém a mesma estrela. Sim, houve um tempo, mas este tempo ficou distante, distante. Percebi, depois de tantas enchentes, depois de tantas primaveras, depois de tantas fases da lua, depois de tantas noites tenebrosas, que não posso.
Quando muito posso caminhar com vocês como eternos companheiros, vivendo e convivendo no mesmo espaço, embaixo de um mesmo céu, nem sempre azul, mas um mesmo céu.
Eternos mutantes dividindo um mesmo espaço, eternos companheiros unidos pela mesma Mãe Natureza, unidos pelo mesmo sentido de liberdade presente nos rios, nas árvores, no vôo dos pássaros, e no pulsar de nossos corações.

Sidarta Martins

Meu Moleque Serelepe!!!


                                        Moleque Levado,
Quem Te Levou???
Foi A Bolinha De Gude
Ou Foi O Chute A Gol???

Moleque Levado,
Dos Cambitos Ralados,
Só Vive Suado, Também, Não
Fica Parado; Oh!!! Bicho Arretado!!!

Moleque Levado,
Tem Mais É Que Brincar, Pois
Um Dia Terá De Trabalhar, Ser Um
Pai De Família, Um Chefe Do Lar!!!

Moleque Levado,
Só Não Se Meta Em Briga,
Não Arrume Nenhuma Intriga,
Se Não, A Mamãe Aqui, Te Castiga!!!

Sou Muito Grata, Ao Bom Deus,
Pela Saúde Que A Ti Deu, Amor Meu!!!

Pequena Poetisa-Vana Fraga

Um Matuto Aperreado


Em uma fazenda no interior de  Minas
Um matuto foi contratado
Para servir ao patrão
E ter fama de criado
Ficou muito feliz e contente
Por passar a  ser assalariado

Com um mês na profissão
Gostando muito do lugar
Por ser tão agradável
A noite ver o luar
Paquerando a filha do Fazendeiro
E por ela foi se apaixonar

A pior situação
Quase nem podia ver
A menina do patrão
Nem  seu nome chegou a saber
Via ela as vezes a noite
Entre o escurecer

E o cara  muito matuto
Não sabia como lidar
Como iria  resolver
A situação que estava a passar
Pensava em um modo
Do coração da  menina conquistar

Quando uma noite o seu patrão
Foi a fazenda ao lado passear
Pois lá morava seu  irmão
E com ele gostava de conversar
Só assim deixou sua filha mais o matuto
Tomando conta daquele lugar

O matuto encabulado
Pensou :  esse é o meu dia
Tenho que conquistar
O coração desta guria
Foi  ao encontro da casa grande
Onde a moça residia

Chegando lá  fez um cumprimento
E foi  a ela apresentar
Disse que seu nome era "Joãozinho"
E que tinha vindo do Ceará
Contou várias mentiras
E  "moça" veio a acreditar

E naquele papo vai , papo vem
O seu pai sem chegar
O matuto pensou :
Agora ela,  minha será
Agarrou  e beijou a moça
E começou a estranhar

Sentiu um volume subindo
Sobre a saia da mulher
E "Joãozinho" perguntou logo :
-O que é isso que tá de pé ?
Veio a mente o que podia ser
Aquilo parecido com uma colher .

Dando conta do ocorrido
Sabendo que era um travesti
Joãozinho muito depressa
Começou a se vestir
E logo em seguida do local
Ele teve que sair.

Até hoje nessa fazenda
Esse matuto trabalha
Nunca mas quis saber
Da filha do seu "Barbalha"
Que é o seu patrão
Amolado feito navalha.

Wálysson Luan Amorim .

**Sou escritor amigo da Pequena Poetisa - Vana Fraga , e fiu convidado por essa grande amiga a postar aqui nesse imenso mundo de poesias .

ÂNSIA

Imagem Google

Vejo a volta faminta
Do ponteiro do relógio.
Como se náufrago fosse
Desejando a terra atingir.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Pato!!!

Pato Preto,
Pato Branco,
O Pato Manco
Usa Tamanco!!!

Pato Grande,
Pato Médio,
O Pato Com Tédio
Toma Remédio!!!

Pato Magrinho,
Pato Cheio,
O Pato Feio
Chora O Dia Inteiro!!!

Pato Velho,
Pato Novo,
O Pato Louco
Pede Socorro!!!

Pato Não Bebe,
Pato Não Come,
O Pato Geme, Geme...
Mas Faz Greve De Fome!!!

Pato Pra Lá,
Pato Pra Cá,
O Pato Imita A Vaca,
E Vai À Lama Se Atolá!!!

Pato Esperto,
Pato Bobinho,
O Pato Miudinho
Só Quer Carinho!!!

Pato Vai,
Pato Vem,
O Pato Tem-Tem
Diz Que Tem Até Vintém!!!

Pato Entrou,
Pato Saiu,
Pato Com Frio
Do Versar Fugiu!!!

Pato Deixa Um Quá-Quá,
E Promete Logo Voltar,
É Só Por Ele Esperar,
A Correr e A Brincar!!!

Pequena Poetisa-Vana Fraga


domingo, 26 de dezembro de 2010

Ano Novo

Brincando com o tempo ...
O tempo vivo
Vem do futuro e passa por nós,
Consuma-o sem percebê-lo.
Eis o segredo da vida.
Ano Novo todo dia
Sem cronômetro, calendário.
A ampulheta contém o vazio
Onde a vida se completa
Vivendo o dia a dia.
Faze devagar teus momentos,
A beleza guarda-se em ti,
Ponteiro invisível do tempo.

Olhe-se ... no espelho e sorria...

(©by Adilson S. Silva)

Reconstruindo Pontes


Salvador Dali


Reconstruindo Pontes
Carmo Vasconcelos


Derrubem-se as paredes orgulhosas,
Erigidas na raiva dos repentes,
Triturem-se os tijolos insolentes
E as pedras de arremesso, belicosas!

E desfeitos os muros corrompidos,
Reconstruam-se pontes migratórias
Que resgatem afectos e memórias,
Em águas rancorosas imergidos!

Retome-se a palavra naufragada,
Recolham-se os abraços afundados,
Desafoguem-se os réus, por nós julgados…
- E a travessia da paz faz-se alcançada!

Que a morte espreita e surge inesperada,
E o que sabemos dela é quase nada!

***
Lisboa/Portugal
Dez/16/2010

E...FEZ-SE LUZ!

Adoração dos Pastores, by Charles Le Brun



E… FEZ-SE LUZ!
Carmo Vasconcelos


Eram tempos de angústia, tenebrosos,
Quando os servos do mal e da ambição,
Reinavam neste mundo, poderosos,
Espalhando terror, desolação…

Mas dessa escuridão, soturna e fria,
Emerge a Luz por dentre a palha loura,
Abrem-se as nuvens, brilha a estrela-guia,
E eis que nasce Jesus na manjedoura!

E a Luz iluminou os corações,
Com Deus feito o Menino que chegou
Para mudar o senso às multidões
Pla Palavra que ao Mundo proclamou!

Que o Seu Verbo Divino contra o mal
Renasça, vivo em nós, cada Natal!

***
Lisboa/Portugal
3/Dezº/2010
Carmo Vasconcelos



Oração à Virgem

Mater, by Titian, 1512

ORAÇÃO À VIRGEM
Carmo Vasconcelos

Senhora, de alva tez com olhos d’água,
Suplicamos a vós, lavai da mágoa
Este mundo que sofre em provação…
Resguarda-nos em teu manto de amor,
Preserva de teus filhos toda a dor,
Ave Mãe! Te imploramos protecção!

Por todos nomes que usas te invocamos,
E aos teus sagrados pés nos arrojamos
Virgem Santa, Maria ou Conceição…
De Fátima, de Lourdes, ou do Mundo,
Escuta nossas preces, do mais fundo
Amargor que nos fere o coração!

E de nossos pecados nos perdoa,
Tira de nós a angústia que magoa,
Despe-nos de vingança e desamor…
Inunda-nos com vosso olhar de luz,
E intercede por nós junto a Jesus,
Pra que o Mundo renasça em Seu esplendor!
***
Lisboa/Portugal
Dezº/o8/2010
Dia de Imaculada Conceição
Padroeira de Portugal
***

MENSAGEM DE NATAL

By Stefan Lochner




MENSAGEM DE NATAL
Carmo Vasconcelos

Queridos Poetas, Prosadores e Amigos,


Primeiro que tudo, quero agradecer-vos pelo muito que me deram todo este ano.
Pela vossa poesia e prosa; pelos carinhos e admiração que me prodigalizaram; pelas vossas palavras de estímulo e incentivo; sou-vos grata com a mais profunda ternura que albergo em meu coração.

Peço-vos a vossa compreensão amiga e que me perdoem pelas minhas ausências, pelo tempo que pareci ignorar-vos - por impedimentos e actividades várias e, também, valha a verdade, por momentos egoísticos de silêncios introspectivos e de recolhimento.

Deixo-vos, porém, a certeza de que todos vós moram no meu coração e que sem o vosso carinho e amizade a minha vida ficaria muito triste, descolorida e sem graça.

A todos vós, meus irmãos, queridos amigos, desejo um


na companhia espiritual do Cristo Redentor e de todos os seres que vos amam e vós amais.


Que o Novo Ano de 2011 vos traga tudo de Bom,
com Saúde, Paz, Luz, Vida e Amor!

Beijos de amor fraterno
Carmo Vasconcelos

Lisboa/Portugal
Natal/2010



sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O QUE É NATAL?



É um dia abençoado
é o sol que nos aquece
é o amor consumado
a noite que anoitece...

É o nascer da esperança
a lua de primavera
o sorriso da criança
e o fim de toda espera...

Natal é ver o horizonte
robusto, cada manhã,
e beber água da fonte
com as mãos de artesã...

Natal é compreender
em todos, as diferenças.
É ver o amor florescer
sem esperar recompensa...

Natal é a alegria
no peito de toda gente.
É dar ao pobre, alforria,
nos desejos que ele sente.

É viver sem perturbar-se
diante dos descaminhos
sem que precise disfarces
pra seguir, mesmo sozinho...

Um Natal de bons agouros
é o que lhe desejo, amigo!
E que no ano vindouro
Tu possas estar comigo!

(Milla Pereira)

A TODOS OS AMIGOS,
POETAS BRASILEIROS.
MEUS VOTOS DE UM NATAL
DE LUZ, PAZ E BEM!
BEIJOS COM CARINHO.
(Milla)

Penso em Ti


Google_Imagens (autoria desconhecida)

Minha mente oscila,
A pele se arrepia,
Meu coração bate forte, palpita,
Sei que não devia,
Porém, penso em ti.

Não é um pensamento à toa.
Traz consigo alegrias,
Produz rica adrenalina,
Evoca positivas energias,
E continuo pensando em ti.

Sinto uma mistura de sentimentos:
Ansiedade, carinho, saudade, vontade de sorrir.
Desejo sua companhia, que tormento!
Queria você agora, querido parceiro.
Por que não consigo parar de pensar em ti?

Até inspiração para escrever,
Você provoca em mim.
Não me preocupo com estilo literário,
Ou qualquer coisa assim.
Só sei que estou pensando em ti.

Não sei que essa força é essa?
Não sei no que vai dar
Só sei que sinto sua falta,
Além do que podia imaginar.
Penso muito em ti.

Amizade, atração, sintonia, êxtase.
Não sei expressar de forma clara,
Nem mesmo sei se quero esclarecer.
Afinal, por que tenho que saber?
Basta sentir-me feliz por pensar em ti.

                                 ROSANA NÓBREGA