sexta-feira, 24 de novembro de 2017

EL HOMBRE QUE SABE AMAR


El hombre que sabe amar,
  sabe decirlo a su amada,
y sabe hacerlo con amor...-

EL HOMBRE QUE SABE AMAR
Marcial Salaverry

El hombre que sabe amar,
no tiene verguenza de decir: TE QUIERO...
El hombre que sabe amar,
solamente es feliz,
cuando hace feliz a la mujer que ama...
El hombre enamorado
siempre desea estar cerca de la mujer amada,
es muy triste cuando están alejados,
pero siempre por el pensamiento ligados...
Con la fuerza del amor,
pueden sentirse juntos aúnque lejos...
Sienten la presencia de la mujer amada,
como si ella estuviera a su lado.
Sienten los besos y el cariño...
Sienten el corazón latir apasionado...

Marcial Salaverry

DIAS FELIZES

 
DIAS FELIZES
Marcial Salaverry
 
Em dias
felizes
ficaram
alegrias,
pelo
amor
vivido
nesses
dias...


Marcial Salaverry

O VERÃO ESTÁ NO AR


O VERÃO ESTÁ NO AR
Marcial Salaverry

O Verão com seu calor, está no ar,
sempre nos estimulando a amar,
despertando nosso melhor sentimento...
E, neste momento,
a todos desejando felicidade,
carinho e muito amor,
sabendo usar nossa energia interior,
para a todos transmitir
nosso melhor bem querer,
neste lindo e quente dia de Verão,
aquecendo o coração,
estimulando-nos a amar...

OS VERDADEIROS "ANJOS DOS CORREDORES"


Enfermeiras, enfermeiros, recebam esta homenagem, pois juntamente com bombeiros, são os heróis anonimos mais importantes que existem...
Este é um tema que sempre vale a pena reprisar, para lembrar que enfermeiras que praticam maldades com animais ou contra pessoas, são uma desonrosa exceção à regra de uma classe que só merece aplausos e muitos agradecimentos...
Osculos e amplexos,
Marcial
OS VERDADEIROS "ANJOS DOS CORREDORES"
Marcial Salaverry

Com plena e total certeza, existem profissões que são exercidas por vocação.  Aqueles que a ela se dedicam, tem que sentir em seu interior um chamado especial, pois exigirá uma grande dedicação, um total espírito de renúncia, um eterno despojar de sua vontade pessoal.

Sempre exigirá daquele que a exercer, uma disposição para o que para muitos poderá ser considerado enorme sacrifício, mas que para eles será apenas sua realização pessoal, pois estarão apenas cumprindo uma missão que receberam de Alguém lá de cima.

Uma dessas profissões, e sem dúvida a mais sacrificante, é a ENFERMAGEM.

Não é à toa que enfermeiras e enfermeiros são conhecidos como "os anjos dos corredores".

E há que se notar que seu trabalho é quase anônimo.  Poucos pacientes que tiveram suas vidas salvas por uma ação rápida e eficiente, irão se lembrar mais tarde do nome desse "anjo" que o salvou.  Mas não é isso que conta, mas sim, a satisfação de seu dever cumprido.

São responsáveis quase diretos pela vida daqueles que estão sob seus cuidados.  De sua eficiência e competência, e mais ainda, de seu senso de dever, dependem muitas vidas.
Basta um pequeno descuido, uma desatenção qualquer, e uma vida poderá ser perdida.

Por essa razão, a enfermagem pode ser considerada como um sacerdócio, exigindo uma vocação natural para o sacrifício.
Quando de plantão, esquecem-se de suas famílias e lares, vivendo apenas para o bem estar dos pacientes.  Quando no recesso de seu lar, quantas vezes são chamados para socorrer algum vizinho, ou para ajudar em algum acidente. E sempre estão dispostos para largar tudo e acudir quem deles estiver necessitando.

Por vezes auxiliam os médicos em seu diagnóstico, pois mercê de seu contato constante com os pacientes, chegam a conhecer melhor suas reações do que os médicos, mas tem que ter muita sensibilidade para "dar seus palpites", para não ferir a suscetibilidade dos doutores, que sempre sabem escutar a opinião de sua equipe de confiança.

O médico sabe que o critério na composição de sua equipe vai ser responsável por grande parcela de seu êxito profissional, principalmente os cirurgiões. Daí, pode se avaliar a grande responsabilidade que sempre irá recair sobre a equipe de enfermagem.

Uma recomendação a todos aqueles que querem se dedicar a esta profissão, é que devem examinar  bem sua consciência, e vejam se estão dispostos a encarar essa pedreira.  Descubram em seu interior se está bem acesa essa chama que nunca poderá se apagar.  Mas, dentro desse espírito amadoristico, não poderão deixar de ser profissionais, pois um envolvimento maior com os pacientes, poderá causar-lhes muitos sofrimentos em alguns casos fatais.

A vocês, queridos enfermeiros e enfermeiras, autênticos "anjos dos corredores", dedico um cumprimento especial, e, juntando as mãos, inicio um demorado aplauso, esperando que vocês encontrem sua felicidade e realização pessoal.

Não podemos nos esquecer de que a qualquer momento de nossa vida poderemos precisar da dedicação e competencia de algum ou alguns desses "anjos dos corredores", e assim, sempre deveremos ter um pensamento de carinho para todos, sem exceção...

Parabéns a vocês, que se dedicam a tão nobre missão.

Precisamos dar mais valor e ter um melhor reconhecimento para esses valorosos profissionais, que sempre terão um espírito muito amador, e a eles e elas, e a todos nós, desejo UM LINDO DIA, esperando que os dias futuros assim o sejam...

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

LATE CORAZÓN

LATE CORAZÓN
Marcial Salaverry

En el latido del corazón,
sentimos nuestra emoción...
Late corazón,
Muestra que no es engañador,
que no hace apenas sentir dolor...
El dolor por no tener
Aquella presencia,
Puede  dejarte
Sin saber lo que hacer...
Un amor ausente,
basta vivenciar,
Basta acceptarlo
como el te llegará...
Lo importante es saber amar,
Y jamás  desesperarse...

Marcial Salaverry

AMOR É REALMENTE ALGO MUITO BOM


Vamos conferir porque "Amar é muito bom..."
     
AMOR É REALMENTE ALGO MUITO BOM
Marcial Salaverry

O amor realmente é muito bom,
pois nos faz rejuvenescer,
nos faz quase renascer...
Assim, amar é viver...
Amar é ter prazer...
Amar, é saber...
Amar é aprender
que graça a vida pode ter...
Amar é sorrir sem do que saber...
Amar é sentir o sangue nas veias correr...
Amar é sempre tudo compreender...
Amar é sentir mais forte o coração bater...
Amar é saber sempre entender,
que erros podem acontecer...
Amar é saber perdoar e compreender...
Amar é saber sorrir mesmo quando sofrer...
Amar é para os braços da amada correr,
quando ao longe seu vulto ver...
Amar, enfim, é mais feliz permanecer...
Amar, sendo amado é a razão de se viver...

Marcial Salaverry  

DESCOBRINDO A SEXUALIDADE NO AMOR

Sexualidade, sensualidade, paixão, desejo, amor...
Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa...
Separar as coisas, sempre será uma coisa...
Coisa boa é entender e saber fazer esta coisa toda...
Osculos e amplexos,
Marcial
DESCOBRINDO A SEXUALIDADE NO AMOR
Marcial Salaverry

Com toda certeza, um tema que deve ser abordado com toda a seriedade, é falar a respeito da sexualidade no amor, e da necessidade de bem descobrir causas e efeitos. Tudo o que se fala sobre amor, sobre amizade, sobre carinho, tem que ser bem pesado, pois apesar da evolução dos tempos modernos, o sexo ainda é encarado como algo a ser escondido. Aliás, há bem pouco tempo atrás era considerado pecaminoso, e as pessoas, principalmente as mulheres, jamais recebiam qualquer instrução a esse respeito, e só travavam conhecimento com o assunto quando o praticavam e apenas guiadas pelo instinto natural. Muitas vezes, sequer sabiam o estavam fazendo. Só sabiam que era bom e gostoso.
Felizmente as coisas mudaram, mas nem tanto. Ainda existem muitos tabus a serem analisados sobre o assunto. Inicialmente, uma questão: O que é o sexo? O que tem a ver com o amor? Vamos procurar descobrir essa coisa, e sua importancia em nossa vida.
Genericamente, sexo é a parte do corpo humano que indica se o nenê é "O" ou "A".
Depois, com o passar do tempo é que vão se descobrindo as diferenças, e também o que se pode fazer, entendendo para que serve. E a coisa começa a ficar interessante, e perigosa, porque o sexo praticado aleatoriamente pode acarretar alguns problemas...
Existe uma grande diferença de conceitos sobre o ato sexual. A primeira das quais é aquela que mais está em voga. Quando alguém vai praticar o saudável esporte do coito, diz que "vai fazer amor". Será que o amor "pode ser feito?".
Ora, aí já existe uma tremenda incoerência. Pois ao praticar o sexo não se "faz amor". Pode-se fazer crianças, se não forem tomados os devidos cuidados. O amor pode levar a fazer ou a praticar o ato sexual, mas não é feito por ele. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa... Vamos entender essa coisa...
O amor surge dentro das pessoas, nasce muitas vezes sem ser chamado. Da mesma maneira que os entregadores de gás tocam a campainha sem terem sido chamados, ele muitas vezes vem e se instala, sem dizer o porque. E pode levar as pessoas a praticar sexo.
Mas nem sempre é o amor o responsável pelo sexo. Tanto pode-se amar sem fazê-lo, como se pode (e com muito mais frequencia), fazê-lo sem amor.
Duas pessoas se conhecem (atualmente já se explica assim, pois a prática do sexo já não exige mais que os participantes sejam de sexos diferentes). Sentem-se atraídas. Sentem desejo uma pela outra. Isso não quer dizer que se amem.
Desejam-se. O desejo é uma atração carnal, material, enquanto o amor é etéreo.
Resolvem satisfazer seus desejos e o fazem através do ato sexual.
Muitas vezes o desejo era apenas uma curiosidade de conhecer como seria o sexo com "aquela" pessoa. Satisfeita a curiosidade, um abraço. Cada qual segue seu caminho, com o tradicional "foi bom enquanto durou".
O sexo, basicamente é uma necessidade física que a maioria das pessoas tem. Tanto é que, em casos de carência, apela-se para as (os) "profissionais do sexo" que sempre estão de plantão.
Muitas vezes, é uma simples explosão de momento. Por um motivo qualquer sentiram-se atraídos e resolveram partir para a aventura, embora sem qualquer perspectiva futura. Apenas para satisfazer um desejo ou mesmo suprir uma necessidade. Não existe razão que explique isso. O porque de sentir esse desejo de transar com determinada pessoa, não tem muita explicação, e nem é o caso de buscá-la. O desejo veio, e deve ser satisfeito, embora não exista amor. Existe desejo. E esse é o requisito necessário para o sexo. Sem desejo, fica algo mecânico, sem graça. Havendo o desejo ele é extremamente prazeroso. Claro fica mais ainda quando há o amor. Muitas vezes, pessoas que se odeiam, se desejam apesar dessa antipatia pessoal, por mais paradoxal que pareça. O desejo sexual é um sentimento totalmente desvinculado de qualquer outro.
O amor pode ser uma consequencia de um sexo gostoso. Ambos, entendendo-se na cama, PODEM vir a se amar. Não é uma garantia. Nem sempre um sexo apaixonado e sensacional indica que se amem. Indicam que se desejam. E o desejo pode terminar um dia.
O que faz o sexo perdurar é o amor e não a paixão.
O amor vem com a convivência. O amor resiste ao tempo. O amor resiste às distâncias. O amor pode surgir mesmo à distância, sem o conhecimento físico, quando há uma atração de almas. O amor resiste às intempéries da vida. O amor resiste até à falta de sexo.
Enquanto que o desejo, a paixão, só resistem até serem satisfeitos, até matar a curiosidade de como será o sexo com essa pessoa.
Cada pessoa encara isso de uma maneira diferente. Portanto, não existe verdade absoluta a esse respeito.
Onde muita gente concorda, é que sexo é bom, que amor é ótimo. Separados vivem e existem. Juntá-los é o sonho de todos.
E com esse pensamento, desejo a todos UM LINDO DIA, e desejo que se repita nos dias que estão por vir...

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

AGRADECIMENTO DE UM POETA ESCRITOR

Um poeta escritor sempre deve agradecer ao Amigão
por te-lo aquinhoado com talento "escrivinhador", e
a seus leitores, que são a verdadeira alegria
de um poeta escritor...

AGRADECIMENTO DE UM POETA ESCRITOR
Marcial Salaverry

O poeta ao escrever,
coloca sua alma pra fora...
Manda a razão embora,
e fala pela sensibilidade...
Ora pela saudade,
ora pela felicidade...
Vê imensa beleza
até na tristeza...
Diz o que lhe vai no pensamento,
mesmo que seja um triste lamento...
De uma alegria,
faz feliz seu dia...
Assim é a alma poetal,
incapaz de querer mal,
pois sempre tem dentro de si,
a chama de um amor,
seja ele como for...
Ama a Natureza,
com seus erros e sua beleza...
Ama a vida,
vivendo-a como a quer vivida...
Principalmente, ama o Amor...
qualquer que seja sua manifestação ,
pois é o que dá vida ao coração...
Assim é o poeta escritor...
Na alegria, ou na dor...
Amante sempre amado,
sempre com um amor apaixonado...

GOSTOSOS SONHOS DE AMOR


GOSTOSOS SONHOS DE AMOR
Marcial Salaverry
 
O sonho é a doce ilusão,
que embala alma e coração,
quando trazemos para a vida,
o calor do sol do amor...
Igualmente podemos sonhar
com o amor à luz do luar...
Quanta luz uma real paixão,
pode trazer para nosso coração...
Um amor verdadeiro,
sempre será firme e certeiro,
e jamais dúvidas irá deixar
na certeza que se está a amar...
Se de verdade amamos,
na pessoa amada acreditamos...
em seu amor confiamos...


Marcial Salaverry

O ODOR DA ROSA





O ODOR DA ROSA
Marcial Salaverry
 

Rosas tem tudo a ver com amor...
Aspirando da rosa o odor,
qual beija flor,
suguei todo o néctar
que seu amar
oferecia,
degustando com prazer,
o sumo de seu prazer...
E depois, o partir,
deixando a saudade fluir...
A vontade de voltar,
para não deixar
tão bela rosa murchar...

Marcial Salaverry

NA REALIDADE, O QUE É MATURIDADE...

O que podemos definir como "Maturidade"?
Será apenas uma questão de idade?
Osculos e amplexos,
Marcial
NA REALIDADE, O QUE É MATURIDADE...
Marcial Salaverry

É verdade que se costuma dizer que a maturidade vem com a idade. Na realidade, nada tem a ver, pois existem muitas pessoas jovens com maturidade suficiente para transmiti-la a pessoas de mais idade que apesar da idade, jamais conseguiram adquirir a maturidade espiritual.  São maduros física e etariamente, mas não o são espiritualmente, e é esta a real maturidade, assim, permanecem imaturos para o resto da vida.

Podemos considerar-nos maduros, quando temos discernimento suficiente para analisar situações dúbias, controlando eventuais explosões de raiva, e sabendo como conduzir possíveis discussões sem perder a calma, mantendo sempre o controle da situação, quando sabemos preparar o amanhã para que seja melhor que o ontem.

Outra demonstração de maturidade, é saber controlar a impaciência, não fugindo diante de uma possível situação perigosa, ou não nos atirando em busca de um prazer imediato. Sempre devemos saber analisar situações, para ver como conseguiremos contornar um problema, ou mesmo procurando discernir se esse prazer imediato não irá nos prejudicar no futuro, e assim sendo, é preciso sempre saber analisar situações, sem muito açodamento.  Muitas vezes é preciso tomar decisões rápidas.  É importante saber analisar quando a situação requer urgência.

Como vemos, é complicado adquirir essa maturidade.  Justamente por isso nem todos conseguem atingi-la.

Temos que saber ser perseverantes, e na verdade, o grande segredo está em saber distinguir o que é perseverança, e o que é teimosia.  Saber quando devemos insistir, ou quando é melhor recuar.  Saber encarar com serenidade tanto uma estrondosa vitória, quanto uma amarga derrota.  Ambas são contingências da vida, e devemos saber entende-las e aceitá-las com a mesma naturalidade.

Sempre é importante sabermos reconhecer nossos erros, e ter a humildade para corrigi-los. E principalmente, não repeti-los.  A teimosia é sinal de imaturidade.  Insistir em um erro, não o reconhecendo, já é burrice mesmo.  É importante termos esse espírito de humildade, pois nem sempre é fácil reconhecer que é o outro que tem razão.  Não devemos nos envergonhar de dizer que estamos errados.  Isso não é sinal de fraqueza como muita gente pensa, mas sim de maturidade espiritual, e assim, quando tivermos a certeza de estar num caminho certo, devemos seguir essa linha de conduta, ao invés de ficar experimentando sempre algo de novo,portanto, ao assumir um compromisso, devemos estar seguros de que saberemos cumpri-lo.

Não existe coisa mais desagradável do que encontrar em nosso caminho pessoas incapazes de manter compromissos assumidos, e não devemos e nem podemos fazer parte desse grupo imaturo, uma vez que muitas vezes estamos contando com determinadas coisas e, por irresponsabilidade de pessoas imaturas, ficamos no prejuízo.

Seguindo essa linha de raciocínio, devemos saber discernir se efetivamente estamos nesse rumo certo, mantendo-nos firmes, com perseverança, e sem teimosia...

Meu guru L’Inconnu nos brinda com uma definição definitiva sobre maturidade.  Vejam.
"Maturidade é a arte de viver em paz com o que é impossível mudar."
Claro. Se uma situação se apresenta definida, de que nos adiantará “malhar em ferro frio”, em busca de uma mudança.  O mais conveniente é aceitá-la como se apresenta, procurando atalhos que possam minimizar prejuízos, tentando contorná-los, mas, sabiamente, sabendo conviver com essa impossibilidade de mudança, mesmo que não a aceitemos.  É melhor procurar um abrigo durante uma tempestade, do que enfrenta-la de peito aberto.

Então, com toda a maturidade adquirida, vamos ter UM LINDO DIA, e de uma forma madura, entender que depende de nós, sabermos desatar os nós que podem nos prender a certas atitudes teimosas...

terça-feira, 21 de novembro de 2017

A CAPACIDADE DA CAPA CAPAZ

Fazer uma capa de um livro, não é o mesmo
que encapar esse livro...
É preciso ser capaz de faze-lo...

A CAPACIDADE DA CAPA CAPAZ
Marcial Salaverry

Para fazer uma capa,
é preciso capacidade,
pois a capa não é interior,
é uma capa da cidade.
É uma capa importante,
realmente, é capital.
É para alguém capacitado,
essa capa citada...
É preciso ser capaz,
e fazer cá prá cidade,
pra não ser capado,
nem ser chamado de capadócio.
Agora, cá pra nós...
Vamos nos capacitar,
ou apenas citar a capa?
Se eu fizer a capa do livro,
te livro da capa fazer...
Vou rezar na capela,
e cá pela noite,
estarei capacitando
a capa citada...
Caso encontre a capa,
e não tendo nada contra a capa,
faço a contracapa...
  

O REINO DE DEUS


O REINO DE DEUS
Marcial Salaverry

Para saber qual é o Reino de Deus,
temos de entender que é onde ele está presente,
e Ele está presente em toda parte
onde podemos Sua presença notar...
Não se pode da presença de Deus duvidar,
quando estamos a Natureza a observar,
e em tudo Sua presença notar...
A Natureza sempre nos inspira a poetar...
Quero aqui Deus acompanhar,
para suas belezas homenagear...
Vamos de um por do sol falar,
ou com um nascer do sol se emocionar,
e também com a chuva se encantar...
Que dizer das flores em sua explosão multicor,
com o verde dos campos, vá para onde o olhar for,
temos a presença de Deus,
em Seu Reino, cuidando dos filhos seus...
Seja no outono, com as folhas caindo,
ou na primavera com as flores se abrindo...
E atestando o Milagre Divino,
no verão, vem o sol a nos aquecer,
e no inverno, o frio que nos faz tremer...
Vamos na chuva alegremente caminhar,
e que importa se ela nos molhar,
pois depois o sol irá secar...
Vamos curtir a Natureza,
viver com amor sua beleza,
sempre agradecendo ao Amigão
pelo presente que ele nos deu,
comprovando que é Dele esta obra divina,
que é Dele, este Reino que a nós Ele destina...

CASAMENTO AINDA EXISTE

Sempre existe aquele desejo de achar o "alguém" certo...
É preciso entender que a reciprocidade sincera é importante,
e que saibam viver e conviver amor com amizade, diálogo, respeito...
Osculos e amplexos,
Marcial

CASAMENTO AINDA EXISTE
Marcial Salaverry

Em priscas eras, quando se falava em casamento, sempre vinha a idéia da noiva vestida de branco, entrando na Igreja, de braço dado com seu pai, ou padrinho, enquanto o noivo ansioso a esperava no altar.  Era de lei ela se atrasar um pouquinho, para aumentar a ansiedade, principalmente  de outras convidadas, que desejavam ver como seria o vestido.  Sempre havia algum comentário maldoso se ela estaria ou não honrando a pureza de seu vestido branco.  Mas eram apenas comentários circunstanciais.

E havia a doce e angustiante espera pela primeira noite juntos, a tão propalada e aguardada “Noite Nupcial”, quando a noiva deveria entregar sua virgindade ao seu já marido.

As coisas mudaram bastante hoje em dia.  É muito raro alguém esperar pela “Noite Nupcial”, pois é  muito comum adiantar-se o expediente.  É mais comum ainda o fato de haver algumas experiências sexuais antes do que seria a definitiva, com aquele a quem se pretende unir no chamado “para sempre”, que nem sempre é para sempre mesmo...

Assim como o casamento com a chamada pompa e circunstancia também anda rareando, mas acontece. Ainda vemos muitas noivas entrar na Igreja com seu maravilhoso vestido de noiva.  Nem sempre é branco, nem existe mais aquela preocupação d’antanho, masa o importante é que deve haver um amor sincero para tal união, o que nem sempre acontece, e muitas criaturas nem sabem explicar o porque de estar se casando, apenas desejando legaliozar uma situação de fato.

Assim,  vamos falar desses casamentos.  Tanto faz se com as bênçãos da Igreja, ou mesmo do Registro Civil, ou se simplesmente resolveram oficializar uma situação e foram viver juntos.  Cada qual resolve à sua maneira, e ninguém mais repara nisso. 

O certo é que um novo caminho se abre para estes jovens, que decidiram trilhar uma estrada juntos. Talvez essa estrada esteja coberta de flores, talvez com alguns espinhos.  Deverão estar preparados para os dois lados.  Para os momentos de amor e felicidade, ou para momentos de dor, preocupação, ou possíveis desavenças. Nem sempre tudo anda nos trilhos.  

Conforme a promessa feita entre ambos, na saúde ou na doença, deverão respeitar-se, na alegria ou na tristeza, deverão amar-se.  E como por vezes, é difícil manter essa promessa. Muitos casamentos esboroam-se porque não estavam preparados para “o outro lado” da vida, uma vez que nem sempre os momentos de amor se eternizam.

Nunca esquecendo que para haver felicidade, é preciso que haja sempre fidelidade, respeito, diálogo, carinho, amor, para que, mesmo nos momentos de dor, consigam manter-se  firmes, mantendo a mesma união que hoje desejam e aceitam de coração.  Essa é a base para o futuro, e sem esses ingredientes, é difícil que a receita do bolo fique perfeita...

Tendo os bons propósitos  sempre presentes, não se esqueçam da importância de caminhar de mãos dadas, não se esqueçam da importância de uma conversa diária, da troca de idéias, de muito carinho e de respeito. Quaisquer duvidas sempre deverão ser dirimidas.  Desavenças deverão ser resolvidas.  Não se deve “deixar para depois” eventuais mágoas ou acertos, pois a coisa poderá crescer e ficará mais difícil uma solução conciliatória.

Na vida que ora iniciam, cada um será o apoio e o amparo do outro. Ambos deverão se completar, se acertar. O importante é pensar juntos.  Resolver juntos. Viver juntos.
É preciso sorrir sempre, fazer troca de energia e de alegria. Entender quando um não está bem, nunca esquecendo que sinceridade e reciprocidade são fundamentais...

O amor é uma semente que vai crescer, dar flores e frutos, apenas requer cuidados especiais para que sejam bons frutos, gostosamente saboreados durante a vida toda.  Às vezes colhemos frutos amargos, e devemos estar preparados para eles.

O amor precisa de cuidados especiais para frutificar. E um deles é a amizade, que deverá ser a água com que o amor será regado.  A amizade na convivência sempre deverá existir, pois esse viver juntos todos os dias vai abrir uma estrada nova, a ser percorrida lado a lado, de mãos dadas, numa doce e gostosa viagem através dos anos.

E essa viagem deverá ser agradável e bonita, desde que sempre consigam manter toda essa beleza interior, tão necessária para superar os obstáculos que surgirem.

Com as bênçãos e a proteção tão necessária do Amigão, vamos começar essa vida tendo hoje e sempre, UM LINDO DIA, procurando sempre mante-lo nos dias que estão por vir em seu porvir, chegando incólumes às bodas de prata, de ouro, de jade, de diamante...

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

PARA SABER COMO É O AMOR

 





PARA SABER COMO É O AMOR

Marcial Salaverry

Para saber como é o amor,
é preciso vive-lo, seja como for...
Pode ser chamado de qualquer maneira,
e vive-lo nunca será besteira...
Deve ser na alma sentido,
com sinceridade vivido,
e o que importa é aquilo que  sentimos,
é aquilo que vivemos
dentro do nosso coração,
uma doce e louca emoção... 
Por vezes pensamos
que malucos estamos,
por causa dessa alucinação  maravilhosa,
dessa sensação gostosa
que todos gostariam de sentir...
Porque é só encantamento e doçura,
e também maluquice e ternura....
Uma terna loucura que nos seduz,
e que nossa alma ao Paraiso conduz...
Desejamos sempre estar perto de nosso amor,
sentindo de seu corpo todo o calor...
É uma química estranha, lindamente insana,
que de nosso interior emana...
Amor é algo indefinível, e delicioso,
que dá agonia, mas é gostoso...
E deixa o coração ficar  agitado,
só querendo  nosso amor ao nosso  lado.

Marcial Salaverry

COMO VIVER UM DOCE AMOR


COMO VIVER UM DOCE AMOR
Marcial Salaverry

Para um doce amor viver,
é preciso bem entender
quando surge o amor,
forte, avassalador,
algo como fogo na palha,
basta um sopro e se espalha...
Nesse caso não se deve fugir,
apenas amar, e no amor insistir...
Quando o amor brota no coração,
trazendo essa doce emoção,
essa sensação tão quente,
essa coisa quase demente,
que nossa alma domina,
descontrola e alucina,
nada há para fazer,
apenas amar, amar enquanto viver...
Quando só em nosso amor pensamos,
apenas a esse amor direcionamos
nossos melhores sentimentos,
e até mesmo nossos lamentos,
nada há para fazer,
apenas amar, amar enquanto viver...
Quando um amor assim em seu peito bater,
devemos com esse amor, para esse amor, apenas viver...

Marcial Salaverry

PRECONCEITOS SEMPRE ATRAPALHAM A VIDA

Preconceitos sempre atrapalham quaisquer julgamentos,
e devemos evitá-los...
Osculos e amplexos,
Marcial
PRECONCEITOS SEMPRE ATRAPALHAM A VIDA
Marcial Salaverry
Certamente, preconceitos só atrapalham a vida, e se existe um assunto que muita gente tem preconceitos para abordar, é justamente o que fala sobre preconceitos, pois ninguém admite que os tenha, mas é muito difícil encontrar alguém que não tenha, de verdade, um certo pré julgamento a respeito de certos assuntos.  E este é um deles.  Abordemo-lo despreconceituosamente, portanto.

Meu amigo L'Inconnu enviou-me uma mensagem, que dá um toque interessante sobre o tema:
 "Se julgares as pessoas não terás tempo para amá-las"
Com certeza é uma grande verdade.  Muitas vezes, movidos seja por algum preconceito, seja por um instinto natural de auto defesa, mantemos distância de determinadas pessoas, sem que saibamos explicar o porque dessa atitude.  Muitas vezes, o fazemos devido ao aspecto físico, ou pela cor de sua pele, ou porque não se veste adequadamente, ou simplesmente "porque sim"...

Enfim, apresentamos interiormente uma série de justificativas, e não permitimos qualquer aproximação, mas muitas vezes, nos enganamos redondamente, pois nem sempre o aspecto exterior revela como é seu interior.  E uma pessoa feia fisicamente, de aspecto não muito agradável, pode ser alguém muito lindo interiormente, e por a termos julgado antecipadamente, não nos demos a oportunidade de mais uma amizade... Perdemos a chance  de amá-la.

Quem não se lembra dos hippies? Não gostavam de banho, ouviam músicas que não agradavam a muita gente, viviam em comunidades fechadas, e assim, havia um enorme
preconceito contra eles.  Eram tidos como marginais.  E não era nada disso, eles apenas queriam viver de uma maneira contrária às convenções da época. 
Hoje seriam encarados de maneira diferente. Mas havia preconceito de parte a parte.  Eles sentiam a maneira como eram encarados pelos demais, e muitas vezes tomavam certas atitudes ditas de protesto, mas que na verdade, eram represália pelos pré julgamentos sofridos.
Contrariamente a certos grupos que existem atualmente, que, como eles, procuram viver "de maneira diferente", os hippies tinham como lema "Paz e Amor, Bicho", ao passo que hoje encontramos alguns grupos que procuram impor sua maneira de vida, pela violência. E não é por aí.  Todos temos o direito de viver como queremos, desde que não passemos a agredir quem não pensa como nós.  Sigam o exemplo hippie, Paz e Amor...

Poderia gastar laudas e mais laudas falando sobre preconceitos, porque é algo que está dentro de nosso espírito naturalmente seletivo e julgador.
"Quem não é como eu, não pode estar comigo". Quantas vezes já ouvi esta frase, ou algo semelhante... E na verdade, como essa maneira de pensar provoca disputas, polemicas e até guerras, coisas que poderiam ser evitadas com um pouco de tolerancia e bom senso...

Alguns exemplos típicos de preconceitos que levam a situações absurdas e, muitas vezes vexatórias, encontramos diariamente nos noticiários, quando falam sobre acontecimentos entre irlandeses católicos e protestantes, entre árabes e judeus, entre russos e chechenos, entre corinthianos e palmeirenses, entre brancos e negros, sem falar em casos de preconceito racial, de homofobia, e sei mais do que... Ou seja, preconceitos religiosos, esportivos, raciais, algo que chega a ser um autêntico  absurdo. 
Matar em nome de Deus?  Ora, Deus é amor e não morte.  Matar porque nasceu do lá ou de cá da fronteira? Mas se não são todos filhos de Deus?  Matar porque torce por este ou aquele time?  Onde está a liberdade de pensamento? Matar ou se afastar de alguém apenas porque a cor de sua pele é diferente da minha? Ora o sangue que corre em nossas veias é igualzinho... vermelho vivo, e não podemos nos esquecer no fim de tudo, esqueleto não tem cor...
Como se pode inferir, não existe absurdo maior do que tais preconceitos.  A alma é uma só, e todos a temos em nosso interior.  Não é lícito evitar-se alguém, discriminar pessoas, perseguir a outrem, apenas por questões de preconceito, de qualquer espécie. Onde está a liberdade de pensamento? Onde está o direito de ir e vir? Todos temos direito ao nosso espaço, desde que respeitemos o direito alheio. Todos temos direito às nossas idéias, desde que respeitemos as dos outros. E como saber se estamos diante de uma pessoa de bem se, agindo preconceituosamente a afastarmos de nosso convívio, ou pior, a perseguirmos.Quantas pessoas capazes foram recusadas em empregos apenas pelo seu aspecto exterior, não condizente com o pré julgamento dos empregadores.

Sem procurar despertar preconceitos de qualquer espécie, desejo a todos, sem exceção, que tenham UM LINDO DIA, e que possamos repeti-lo sempre, chova ou faça sol, pois não devemos ter preconceito contra este ou aquele tempo...