domingo, 23 de abril de 2017

A LUZ DO OLHAR

A LUZ DO OLHAR
Marcial Salaverry

A luz que emana do olhar,
é a luz que me faz te amar...
Esta luz que ilumina,
é a luz que a vida determina,
e que a dor termina...
É uma linda luz,
que nos envolve e seduz...
É a luz do olhar
que te faz  me amar...
É a luz do pensamento,
que acalma o seu tormento...
E a luz que faz viver,
E a vida perceber...

Marcial Salaverry

____________

VIVA PARA A FELICIDADE

VIVA PARA A FELICIDADE
Marcial Salaverry
 
Para bem viver a vida,
com a felicidade devida,
vamos começar o dia,
vivendo com alegria

Se algo não lhe agrada,
não diga que lhe desagrada...
Procure modificar,
fazendo lhe agradar...
Se um amor perdeu,
é porque ele não lhe mereceu...
Não sofra por saudade,
viva para a felicidade...

Marcial Salaverry

UMA MENSAGEM DE AMOR

UMA MENSAGEM DE AMOR
Marcial Salaverry
 
O amor para ser vivido em plenitude,
tem que ser sentido no coração,
tem que vir da alma, trazendo toda a emoção,
que poderá proporcionar um viver feliz...
Sinceridade e reciprocidade é o mais importante...
E respeito mútuo, pois ninguem é dono de ninguém...
 
Marcial Salaverry


SIMPLESMENTE, "COISAS DA VIDA"

Com a frase "Coisas da Vida", justificamos e aceitamos muita coisa
que nos acontece, esquecendo-nos de que devemos ter algo dentro
de nós, chamado "Força da Vontade", que pode nos permitir mudar
o rumo daquilo que não está nos fazendo bem...
Osculos e amplexos,
Marcial

SIMPLESMENTE, "COISAS DA VIDA"
Marcial Salaverry

Embora possa doer, uma verdade que precisa ser dita, é o fato de que sempre estamos esperando que algo aconteça em nossa vida, e nos esquecemos de que a vida sempre está nos empurrando para a frente e assim,  muitas vezes preferimos parar e esperar para ver como as coisas acontecem, recusando-nos por vezes a aceitar o progresso e o desenvolvimento tecnológico do mundo, olvidando-nos de que precisamos saber bem usar nosso livre arbítrio para mudar o que precisa e pode ser mudado em benefício de nosso futuro...

Esquecemo-nos de que em  cada dia não devemos esperar  demais para fazer o que precisa ser feito, pois neste mundo só teremos um dia de cada vez, sem nenhuma garantia do amanhã. Depois lamentaremos  que a vida é curta, mas agimos como se tivéssemos à nossa disposição todo o tempo do mundo, quando na verdade, devemos sempre ter presente, que é preciso viver este grande presente que recebemos, que é o momento presente, jamais deixando as coisas “para amanhã”, pois sequer sabemos se haverá esse amanhã...

Se precisarmos perdoar alguém, ou pedirmos esse perdão, façamo-lo agora, por que deixar que os rancores permaneçam mais tempo envenenando nossa alma? Quantas vezes deixamos de agradecer algo que nos foi feito, “porque não temos tempo”... E esse tempo passa, e não volta mais, e deixamos da fazer algo inadiável.

Muitas vezes deixamos de ouvir alguém que nos procura, seja precisando de um apoio material, ou mesmo apenas aquele apoio moral, esperando “o melhor momento”. O melhor momento é e sempre será agora.  Não podemos nos esquecer de que se a situação for inversa, sentiremos a mesma urgência que nos solicitam.

Assim como não podemos protelar aquelas tão necessárias conversas com nossos filhos, quando eles ainda são pequenos, e nos ouvem com atenção, e assim sendo, não podemos esperar demais para sermos PAIS, pois logo eles crescerão e estarão seguindo um rumo na vida que talvez não seja aquele ideal, por falta do direcionamento que poderíamos ter-lhes dado. Mas, não tivemos tempo, e agora poderá ser tarde demais.

Tanta coisa deixamos de fazer “por falta de tempo”... Dar carinho a nossos pais, irmãos, amigos, e poderemos depois lamentar não ter feito aquela visita, não ter atendido a um mudo chamado. Não ter seguido o que nossa alma mandava. Mas, sempre podemos deixar para depois, e esse depois nem sempre acontece, pois algo pode acontecer antes.

Muitas vezes deixamos de atender as necessidades de nosso próprio interior.  Deixamos de ler bons livros, ouvir a musica de que gostamos, mergulhar em coisas que estão nos esperando, para enriquecer o espírito e alargar nossos conhecimentos. Mas, cadê tempo para esses pequenos prazeres? Não podemos apenas justificar com a alegação que são "coisas da vida"...

E, principalmente, muitas vezes deixamos de demonstrar o amor que temos escondido dentro de nós. Privamo-nos de viver um lindo amor com alguém que nos estava esperando, apenas porque não soubemos procurar por esse alguém, abrindo nosso coração, seja por timidez, ou “por falta de tempo”. Por vezes deixamos de amar adequadamente quem temos ao nosso lado, apenas por não saber viver esse amor, por não conseguir dizer a quem amamos, o quanto a amamos...

Esperamos demais por muitas coisas que devem ser feitas, sempre esperando o amanhã que talvez não tenhamos, e jamais podemos nos esquecer de que é importante começarmos a viver hoje, pois não sabemos se amanhã poderemos faze-lo.

Esperando que todos possamos ter UM LINDO DIA, termino, com uma  mensagem que me foi passada pelo já famoso L’Inconnu, que fala simplesmente sobre a espera do amanhã:
"Deus também está esperando - esperando nós pararmos de esperar. Esperando nós começarmos a fazer agora tudo aquilo para o qual este dia e esta vida nos foram dados.
Que tal começar a viver? Sem esquecer de que Ele também disse "Ajuda-te  que eu te ajudarei..."

 

sábado, 22 de abril de 2017

ESCREVENDO POEMAS


ESCREVENDO POEMAS
Marcial Salaverry

Escrevendo
poemas,
o poeta
poeta
com
a alma,
e poetando,
sua alma
acalma...

 

SIMPLEMENTE SUEÑOS DE AMOR

SIMPLEMENTE SUEÑOS DE AMOR
Marcial Salaverry

Sueños de amor, siempre los tenemos...
Un sueño de amor, es aquel amor que llega,
entra en nuestro corazón, y no sale más...
Siempre tenemos que soñar...
Siempre deseamos amar...
Pero cuando es un amor imposible,
vivir el amor talvez no sea posible...
Un dia, quien podrá saberlo,
podremos amarnos, aunque parezca
que jamás podrá acontecer...
Es verdad que sangra el corazón,
pués lo que se desea es estar juntos,
pero hay esa triste lejania...
Los cuerpos se llaman,
las bocas se desean,
mas el destino no se lo permite...
Ni siempre se tiene el derecho
de realizar un sueño de amor...
Será siempre un sueño desecho...
Un sueño triste, sin color...
El destino quiere los enamorados alejados,
aunque el deseo sea estaren juntos...
Desean amarse, desean besarse,
se quieren con deseo y locura,
pero el Destino no permite vivir el amor...
Siguen amando con el alma y el pensamiento,
besos y cariño a lo lejos cambidos,
entre amantes enamorados...


Marcial Salaverry
>

A VIDA TEM MOMENTOS DE MAGIA


A VIDA TEM MOMENTOS DE MAGIA
Marcial Salaverry

Em nossa vida sempre vivemos
certos momentos mágicos...
Saber vive-los é o segredo...

A vida apresenta, é verdade
momentos de magia e felicidade...
Nada melhor pra começar o dia,
do que sentir a brisa que nos acaricia,
o sol que o dia ilumina...
A vida é uma graça divina,
basta saber vive-la,
basta saber quere-la...
Basta saber ver o que há de bom,
e à sua vida dará um novo tom...
Momentos de magia são aqueles
em que o ar matinal respiramos,
em que ao amor à Natureza nos entregamos,
em que a Deus nosso dia devotamos...
Momentos de magia são momentos vividos
ao lado de nossos entes queridos...
Momentos em que nos sentimos isolados,
mas parece que estamos por uma mão amparados...
Momentos de magia são aqueles que temos,
vivendo quando e como podemos...
É amar a vida,
vivendo-a como deve ser vivida,
ao lado do amor que temos na vida...

O QUE O TEMPO PROVOCA NO AMOR

O tempo por vezes causa mudanças no físico e
na alma das pessoas, e isso certamente exercerá alguma influência nos relacionamentos...É preciso saber entender o que o tempo provoca no amor...
Osculos e amplexos,
Marcial

O QUE O TEMPO PROVOCA NO AMOR
Marcial Salaverry

A passagem do tempo sempre provoca mudanças no corpo e na alma das criaturas viventes, e realmente interessantes são as mudanças que ocorrem durante um relacionamento, pois efetivamente parece que o amor vai se modificando à medida que o tempo vai passando, quando na verdade o que acontece é que a maneira de se expressar, e viver esse amor é que vai mudando, e é preciso estar preparado para tais mudanças, para poder evitar certas reações traumáticas, que inclusive podem terminar com o relacionamento, embora os parceiros ainda se amem.

Um dos pontos mais nevrálgicos nessa questão de mudança comportamental, refere-se justamente ao interesse sexual, tido e havido como o ponto primordial em um relacionamento afetivo, e nesse caso, é preciso saber analisar bem a questão. É importante que se entenda que o interesse sexual não pode permanecer imutável e imexível todo o tempo, pois é uma questão orgânica inclusive, e que os anos vividos sempre afetam, e encarando sob esse prisma, não se pode pensar que uma eventual diminuição do interesse sexual possa ser apontada como fim do amor, mas apenas como um arrefecimento do tesão. Jamais como seu fim.

Na verdade, pode até ser, mas sempre é preciso dialogar, e buscar os porquês, antes de decisões drásticas, uma vez que existem diversas causas que agem como fatores inibidores para a saudável prática do sexo entre os amantes, e a própria rotina da vida é um deles. É preciso entender que sempre a mesma coisa acaba cansando, e por isso é importante saber inovar, usar de alguma criatividade para impedir a mesmice do cotidiano, que sempre irá causar algum desgaste.

Contudo, existem outros fatores que podem estremecer um relacionamento, e um deles pode ser uma mágoa muito funda provocada por alguma discussão, ou por alguma atitude que não seja bem compreendida, e nesse caso, é bom refletir um pouco, para entender o que houve com esse amor, pois se dele apenas restarem mágoas, é porque o amor não era amor de verdade. Mas mesmo nesse caso, deve haver o diálogo, para que não fiquem ressentimentos, que possam transformar em inimizade o que antes foi um amor cheio de carinho, eis que um "ex", não precisa necessariamente ser um inimigo. Pode se transformar em amigo. E uma boa amizade nunca será demais.

Pode-se esquecer que um dia houve um amor unindo duas pessoas, mas é muito difícil esquecer que houve essa pessoa. Sempre existirão fatores que trarão lembranças, boas ou más, mas lembranças que insistem em serem lembradas, e assim sendo, sempre será melhor pensar com suavidade, e mesmo com algum carinho, pois algo de bom sempre foi vivido. Sempre haverá em se apoiar o pensamento. Por que se aferrar apenas à mágoa?

Devemos apenas lembrar do que houve de bom, e procurar saber o que pode ter motivado um eventual rompimento, para evitar incorrer no mesmo erro no futuro.
Não se deve tentar varrer a pessoa amada da memória, pois será praticamente impossível consegui-lo. Vamos suavizar as lembranças, para que nos lembremos e consigamos falar sem chorar, sem mágoas ou ressentimentos. Se algo terminou, é porque algo foi vivido e teve episódios felizes. Então a dor e o ressentimento só vão dificultar o esquecimento.

Mas sempre será interessante ponderar bem antes de tomar uma decisão definitiva, pois poderá ser válido dar uma chance para o amor, principalmente quando ocorre o chamado "esfriamento sexual", que nem sempre é causado pelo fim do amor, pois o amor se houve, não acaba assim.  Vamos saber analisar o que provocou esse desinteresse repentino, que pode ter diversas causas, desde clínicas e até psicológicas, ou simplesmente etárias. Não se pode querer que aos 40, 60 ou 80, tenha-se o mesmo ardor sexual que aos 20. E há que se considerar que se um dos parceiros tiver mais ardor, deverá entender o que está ocorrendo com a parceria. Se houver amor
de verdade, esse fator será facilmente superável, desde que haja diálogo, pois assim é o amor, e temos que saber vive-lo, sabendo entender todas suas nuances, sabendo superar todas as crises. Até mesmo a fatídica (para alguns) "perda" do tesão, eis que, verdade seja dita, amor e tesão não se perdem. Podem mudar de forma, mas no interior sempre existirão. Se não houver mais o ardor sexual, poderá haver um carinho suave, como maneira de expressar o amor sentido. Um beijo carinhoso pode expressar
muito mais amor do que uma transa forçada, e uma conversa, de mãos dadas, olhos nos olhos, tem um efeito tremendamente benéfico para um relacionamento maduro.

Sempre devemos dar uma chance a mais para o amor, antes de dizer adeus, sempre desejando fazer de cada dia, UM LINDO DIA...

sexta-feira, 21 de abril de 2017

SER ETERNAMENTE UMA CRIANÇA FELIZ

SER ETERNAMENTE UMA CRIANÇA FELIZ
Marcial Salaverry
 
Para ser eternamente,
pura e simplesmente
uma criança feliz,
saiba manter sua alma criança...
Manter a alma infantil,
em seu carinho e sinceridade, 
ser terna e eternamente criança,
saber abraçar com carinho e amizade,
conhecer o que é felicidade...
Querer sempre ser essa criança,
não permitindo que a alma
sequer envelheça,
e tampouco envileça...
É essa a ideia da felicidade,
sendo eternamente uma criança feliz...
Embora o físico mostre as marcas do tempo,
que a alma fique livre desse contratempo...
 

Marcial Salaverry

UM SIMPLES SONHO DE AMOR

UM SIMPLES SONHO DE AMOR
Marcial Salaverry

Sonho que te quero sonhar...
Amor, que te quero amar...
Poesia, que te quero poetar...
Desejo, que quero desejar...
Boca, que quero beijar...
Sonho que estou a amar...
Amo, e me inspiro a poetar...
Poeto, e fico a desejar...
Desejo tua boca beijar...
Beijo que me faz sonhar...
Sonho que estou a te amar...
Amando, estou a poetar...
Poetando, sonho que estou te amando,
e tua boca beijando...
Num sonho de amor,
tudo pode acontecer...
Até nosso amor nascer...

SEM CIUME A VIDA É MELHOR


SEM CIUME A VIDA É MELHOR
Marcial Salaverry
 
Mágoas por ciume,
um triste queixume,
que o amor pode atrapalhar,
pois quando se deseja amar,
não se deve o amor magoar,
Apenas em carinhos pensar...
Ciume deve ficar de lado,
para não deixar seu amor atordoado...
Confiança faz parte do amor,
e para melhor se compor,
é melhor tudo esquecer,
e deixar de por ciume sofrer...
Quando a paixão
abrasa o coração,
jamais será esquecida,
pois já faz parte da vida...
Pode-se voltar então,
e, pegando na mão,
pode-se novamente,
pura e simplesmente
entregar-se às delicias,
sempre cheias de malícias
que sempre vão preencher
gostosas noites de amor... 

COMO PODEMOS DIFERENCIAR PROSA E/OU POESIA

Vamos esta prosa analisar,
para nela encontrar
o que nos leva a poetar...
Osculos e amplexos,
Marcial

COMO PODEMOS DIFERENCIAR PROSA E/OU POESIA
Marcial Salaverry

Realmente, eis um tema interessante e uma dúvida pertinente, vamos assim tentar definir se existe alguma diferença entre prosa e poesia.

O que na realidade se pode afirmar, é que todo prosador é um poeta em potencial e vice-versa. O fundamental é que tenha alma de escritor, e saber buscar no âmago da alma, aquilo que quer exteriorizar, ou seja, se tem uma alma poética ou se "sente" mais forte a prosa em sua alma...

Outrora essa diferença era bem acentuada, pois a prosa sempre teve um estilo livre para ser escrita, ao passo que, para escrever uma poesia, era necessária a observância de certas regras de rima e métrica, que a tornavam quase que um exercício de matemática.  Basta que se considere a quantidade de prosadores e de poetas de antigamente (d’antanho fica mais adequado...).

Por essa razão, os poetas eram exclusivamente poetas, e os prosadores mais ainda, dedicavam-se à liberdade de linguagem da prosa, fugindo dos grilhões das rigorosas regras da métrica poética..

Destarte, os grandes autores do passado, sempre seguiram seus estilos. Por vezes fizeram algumas incursões em seara alheia, mas não conseguiram desenvolver-se fora de sua especialidade.

As poesias sempre foram consideradas leitura de elite.  O vocabulário dos poetas sempre foi considerado pernóstico pelos leitores não iniciados. As regras poéticas sempre exigiram o uso de palavras consideradas “difíceis”.  Para ler-se uma poesia, por vezes exigia-se um dicionário ao lado.  Por essa razão, apenas uma minoria mais intelectualizada apreciava o gênero poético. Muitas vezes, sem entender o que o poeta quisera dizer.

Contudo, com o correr do tempo, alguns autores começaram a popularizar mais a poesia, trazendo-a ao alcance do público em geral, e assim, as antigas regras poéticas foram completamente desprezadas, chegando-se à rima livre.  Atualmente, para escrever-se uma poesia, há que se ter sentimento.  Sequer a famosa rima é exigível. Métrica, então, nem pensar, contudo, existem alguns temas dentro da poesia que seguem mantendo obediencia às regras de sempre, como sonetos, trovas, indrisos,e outros mais, que fogem dos "benefícios" da "Poesia Livre", que permite aos poetas procurar  em seu interior os temas a serem desenvolvidos. E graças a esa liberdade poetal, tem surgido muitos poetas novos, brindando-nos com lindas poesias, aproveitando-se do "Habeas Poesias..."

Atualmente, pode-se considerar uma poesia como uma mini prosa. Assim sendo, pode-se mesmo dizer que para um prosador escrever uma poesia, basta saber sintetizar sua prosa, e dar-lhe um certo ritmo poético.  E, para um poeta escrever uma prosa, basta “inchar” sua poesia, desenvolvendo um pouco mais o tema, e portanto, prosa e poesia podem perfeitamente ser escritas por um só autor, desde que tenha a sensibilidade necessária para saber “sentir” as pequenas diferenças existentes entre ambos os estilos.

Poesias sempre dão um enlevo maior.  Puxam mais para o romantismo.  São de leitura mais leve.  Falam de amores, de desejos.  Também contam histórias breves, com um certo ritmo. São mini prosas.
Prosas são crônicas. São histórias. São estórias. São temas mais desenvolvidos.  Falam de amores, de desejos.  São maxi poesias.
Hoje praticamente pode-se dizer que não há diferença nenhuma entre  escrever-se uma prosa e uma poesia.  Basta que se tenha a alma de escritor acima citada.
O que se pode apontar como diferença, é apenas uma certa preguiça poetal. Nem sempre um poeta se dispõe a desenvolver seu tema e escrever uma prosa. Nem sempre um prosador se dispõe a procurar sentir em seu espírito a poesia que está dentro dele.

Um convite aos amigos escritores.  Aos poetas, que experimentem descobrir seu lado prosador, e aos prosadores que descubram seu lado poético.
O importante é saber explorar o talento de escritor que existe dentro da alma, soltando todo o talento que ela abriga.
O importante é soltar a alma para o mundo, sempre desejando UM LINDO DIA, seja com uma mensagem de otimismo, seja com uma doce poesia. O importante, é poder espalhar amizade e felicidade...

 

quinta-feira, 20 de abril de 2017

DE POETA E LOUCO

 
DE POETA E LOUCO
Marcial Salavery

De poeta e louco,

todos temos um pouco,
e não se faz ouvido mouco,
ao chamado de um amor louco,
pois poderá ficar rouco,
chamando-o, se se afastar um pouco...
Um amor sinceramente sentido,
mesmo que etéricamente vivido,
sempre marcará nossa vida,
deixando-a gostosa de ser vivida...
 
Marcial Salaverry

RELEMBRANDO O ROMANTISMO DO AMOR

 



RELEMBRANDO O ROMANTISMO DO AMOR
Marcial Salaverry 
 
Nada nos custa relembrar,
como era romantico amar... 
Doce amor romanticamente vivido...
Doce martírio é o amor,
que até faz sofrer,
mas também faz suspirar...
Por vezes, chega a causar dor,
mas também faz sonhar com seu calor...
E como é bom sonhar...
Feliz de quem sabe amar...
Amar não é o TER, o simples desejar...
É o espírito romantico resgatar,
é sentir o coração mais forte pulsar...
Amar é romanticamente sentir
a presença do amor que está por vir...
E assim, romanticamente sentir a alma reviver,
e o corpo todo vibrar, quando estamos a ver
a pessoa amada chegando,
e nosso amnor despertando...
Amor é um sentimento nobre,
e quem não o sente, tem a alma pobre.
Quem não ama, tem frio o coração,
sua vida não tem emoção...
Falta-lhe o romantismo na alma...
Só vive pela razão, sem o amor que acalma...
Não consegue sentir a quente sensação

de um apaixonado coração...
Aquele suave toque de mão na mão...
Aquele beijo quente...
Aquela coisa demente,
que é a explosão do amor...
Para sentir vida interior,
é preciso resgatar o amor,
reviver o romantismo na alma...

É PRECISO SABER VALORIZAR NOSSA VIDA



Vamos dar mais valor à nossa vida, vivendo-a bem vivida,
deixando de priorizar a vida alheia...
Osculos e amplexos,
Marcial

É PRECISO SABER VALORIZAR NOSSA VIDA
Marcial Salaverry

Certamente, essa deveria ser nossa principal preocupação, ou seja, dar mais valor à nossa vida, procurando dela cuidar adequadamente. Contudo, muitas vezes acabamos priorizando problemas alheios, ao invés de tentar solucionar os nossos, e assim, preocupamo-nos mais com o que outras pessoas possam estar fazendo, como elas estão vivendo, deixando de dar a devida atenção à nossa vida, ou daqueles que diretamente dependem de nós, quando esta deveria ser nossa prioridade, mesmo porque para que possamos socorrer alguém, é preciso estarmos em boas condições.

Muitas vezes, por causa da correria do dia a dia, deixamos de lado essa pessoa que é tão importante para nós, ou seja, aquela simpática criatura que nos olha do outro lado do espelho, e assim sendo, por vezes nossa comunicação interna entra em pane, e não conseguimos comunicação com nosso interior, deixando de observar certos detalhes importantes para nosso próprio bem estar, chegando assim, o momento de fazer um upgrade em nosso modus vivendi, aprendendo como é importante darmos a devida atenção a nossos sentimentos, pois estando bem conosco, estaremos bem com outrem, e assim, teremos melhores condições de ajudar aos outros, pois estaremos bem conosco.

É preciso saber diferenciar o que é "ocupar-se da vida alheia", com o"preocupar-se com a vida alheia", entendendo bem que uma coisa é nos interessarmos em ajudar aqueles que precisam de algo, e outra é tentarmos direcionar a vida de nossos semelhantes.
Vamos procurar manter nossa alma em paz. Olhar no espelho, e gostar daquilo que estamos vendo. Experimentar sorrir para o espelho, e verificar se é um sorriso natural, mostrando o bem estar interior, uma vez que precisamos acreditar que somos a pessoa mais importante do mundo, pelo menos para nós. Apenas não podemos exagerar no "culto ao umbigo". É importante estarmos bem para espalhar o bem a nosso redor, pois nossas atitudes sempre refletirão como está nossa alma, aprendendo a dividir as coisas, tendo tempo para cuidar de nós mesmos, sem contudo esquecer totalmente de que algo podemos fazer para outrem, separando bem as coisas...

Para sermos respeitados, temos que saber nos respeitar, assim como precisamos saber respeitar aos outros. Assim como somos importantes para nós, cada qual será importante para si. Devemos respeitar nossos sentimentos, e os alheios também. Essa certamente é uma das mais certas regras do bem viver.
É importante sermos autênticos. É mais fácil viver a verdade, que sempre poderá ser mostrada, do que viver uma mentira, que sempre poderá ser descoberta.
Nosso caráter será o reflexo autentico de nossa alma. Procurando fazer o bem, ou pelo menos, procurando não prejudicar ninguém, despertaremos sempre sentimentos de amizade.
Claro que é impossivel passar a vida sem jamais magoar ninguém. Mas pelo menos que não seja deliberadamente. Por que tentar prejudicar alguém? Se nada pudermos fazer para ajudar, jamais deveremos denegrir a imagem de alguém, ou tentar algo que possa prejudicar quem quer que seja. Espalhar amizades, é muito melhor do que inimizades, e o ponto de partida, sempre será nosso bem estar espiritual. Temos que saber nos amar, para sabermos amar a outrem, e saber igualmente ser amado.
E conseguindo a anelada felicidade interior, poderemos fazer outras pessoas felizes, pois se apenas guardarmos para nós, será egoísmo, e poderemos perde-la.
Procurando assim viver a vida, certamente será possível fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA.
  

quarta-feira, 19 de abril de 2017

AQUELA SAUDADE SENTIDA

AQUELA SAUDADE SENTIDA
Marcial Salaverry
 
Quando bate aquela saudade sentida,
parede que vai findar a vida...
Sente-se falta de "ouvir" a voz,
aquela doce voz que conduz
para a felicidade do caminho de Luz
Luz que sempre fica acesa,
mostrando toda a beleza
que ilumina a alma,
e que a angústia acalma...
Esta beleza que é nua e pura,
e com dor não se mistura...
Apenas precisa de amor e carinho,
de beijos com carinho,
que certamente é o melhor caminho,
para um amor gostoso e muito prazeroso...
Certamente é o caminho do coração,
que vem trazendo pra vida mais emoção...
é essa a razão de um feliz viver,
que é viver com e por um bem querer,
e assim sentir toda a emoção
do amor que dá vida ao coração...

NADA CUSTA SONHAR

 
NADA CUSTA SONHAR
Marcial Salaverry

Não custa nada sonhar,
para coisas boas desejar...
Sonhemos pois, então,
desejando ter amor no coração...
Um amor com carinho,
para a felicidade é o caminho...
O carinho que espero,
com sincera emoção
de ti, sei que é  sincero,
e faz bem ao coração,
como uma doce canção,
que desejo com amor cantar...
Vamos cantar a canção...
Uma doce canção de amor,
que encanta o coração,
e à alma traz calor...
 
Marcial Salaverry