quinta-feira, 27 de julho de 2017

IO NON VIVO SENZA TE

Cuando l'amore sei piu forte que la morte,
si puó dire
IO NON VIVO SENZA TE.

IO NON VIVO SENZA TE
Marcial Salaverry

Io non vivo senza te,
amore mio,
perché ti amo
con tutta la forza del mio cuore...
Sei tuo il mio amore...
Ti voglio sempre ensieni a me...
Vieni carina,
per te, aspeto tutta la mia vita...
Voglio ascoltare parole d'amore,
voglio amarti, voglio bacciarti...
Sei mia, carina,
perché noi ci amiammi...
Io sono tuo per tutta la vita,
Siamo qui adesso...
Vieni... Tu non mi puó lacciare...
Nostro amore sei piú forte
que la morte...

"Poema inspirado na musica
IO CHE NON VIVO SENZA TE"

SABER VIVER O MOMENTO

É preciso viver o momento, enquanto vivos estivermos...
Depois, será apenas depois...
Marcial Salaverry

SABER VIVER O MOMENTO
Marcial Salaverry  

É melhor ficar calado quando,
ao lado do nosso amor,
estivermos o por do sol apreciando...
Com carinho e calor,
estivermos nosso amor beijando...
À luz do luar,
estivermos numa praia deserta nos amando,
ou num jardim a passear,
estivermos juntos, só caminhando...
As belezas da natureza,
juntos, estivermos só apreciando...
Assim, pela vida, de mãos dadas,
vamos felizes caminhando,
enquanto essas belezas abençoadas,
estamos juntos, aproveitando...
E assim, minha querida,
vamos sempre nos amando,
curtindo as delícias da vida,
como sempre desejamos viver...

Marcial Salaverry

 

UM TRISTE SENTIR

 
 


UM TRISTE SENTIR
 Marcial Salaverry
 

Sempre é triste o pressentir
de algo chegando ao fim...
Mas sempre se pode
filmar um outro fim...
É triste sentir que a vontade não persiste...
que o desejo não esta resistindo
será que o amor não mais existe?
Quando se sentir assim,
é melhor por em tudo um fim...
Se falar com tanta facilidade
em por em tudo um fim,
dói no coração, é muito ruim...
Mas quando só fala em dor e sofrimento,
e a cada dialogo, um lamento...
Quando só se sabe reclamar,
ao invés de amar,
cabe a pergunta...
Por que continuar?
Se não se sabe mais amar,
se é só reclamar,
por que continuar?
Quando o amor traz tristeza,
ao invés de sentir a beleza,
para que insistir no sofrimento?
Só trará lamento...
Temos que procurar sentir
o calor do amor, e vive-lo...
E, ao invés de lamentar
o que não se pode ter,
saber bem viver
com o que em mãos se tem...


Poema escrito para aqueles que não sabem viver um amor...
Sempre é tempo de algo mudar...

O AMOR DEIXA MARCAS NA ALMA


O AMOR DEIXA MARCAS NA ALMA
Marcial Salaverry
 
Um amor bem vivido
deixa marcas na alma...
Marcas feitas pelo tempo,
para um amor há tempo existido,
sempre com carinho mantido...
Quando existe amor e respeito,
o amor é  mantido e não é desfeito...
Quanto mais tempo passe,
sem brigas ou impasse,
essas marcas, com certeza,
mostram do amor toda sua beleza...
 

Marcial Salaverry

ENTENDENDO A CONFISSÃO DE UM ESCRITOR

Pode um escritor ser acusado de manipular opiniões?
Para evitar que isso aconteça, existe o livre arbítrio...
Temos o dom do pensamento para analisar situações,
e ver o que é conveniente para nós, estimulando
que cada qual pense por si...
Osculos e amplexos,
Marcial
ENTENDENDO A CONFISSÃO DE UM ESCRITOR
Marcial Salaverry

Cada criatura tem idéias próprias sobre certas coisas da vida, e justamente por isso, existem  aqueles que acusam um escritor de manipular ilusões, de iludir corações, de modificar sentimentos, e até de causar alguns lamentos, pelo simples fato dele  ser escritor, por falar sobre a dor e sobre o amor, por defender a Natureza, por brigar pela Paz, por defender direitos dos menos favorecidos, por falar mal de politicos corruptos (e qual deles não o é?), e isso na realidade são fatos da vida, que sempre merecem uma certa análise.

Como escritor que sou, se disso for acusado, digo que sim, que me confesso culpado, por ter muito escrevinhado, contudo, posso assegurar que foi em legitima defesa, pois é assim minha natureza. Querer defender a Natureza, o amor, o direito à vida, o direito ao livre arbítrio...

Espero que concordem comigo, pois não consigo ficar sem escrever, e isso posso assegurar, que é de precisão quase vital, pois o ato de  escrever, é sentir necessidade de falar sobre a felicidade, de falar sobre a vida e as maravilhosas lições que a vida nos traz. Escrever é um desejo de transmitir tudo o que sabemos e sentimos, e de maneira que todos possam sentir que a vida é uma beleza, que basta saber viver para bem desfrutá-la,  e que para nossa sobrevivência, é preciso amar a Natureza, é preciso amar a humanidade, é preciso amar a vida, e saber vive-la. Principalmente é saber que devemos saber respeitar a presença e os pensamentos alheios, sem procurar manipular ou influenciar, mas simplesmente procurar esclarecer, ajudando a pensar.

Escrever é fazer sentir que vivendo um amor, devemos nele sentir a reciprocidade, tão necessária para que um amor sobreviva, é poder mostrar para todos, que é preciso saber amar-se, para que se possa saber como amar a outrem. É provar categoricamente que a vida fica melhor, sempre tendo nos lábios um sorriso, pois a vida fica mais leve, com muito amor e pouco siso...

Enfim, escrever é sobre tudo isso falar, sempre sabendo amar, e sabendo muito bem amar aqueles que nos amam, mas nunca deixando de sentir uma simpatia pelos que nos detestam, pois não podemos julgá-los por seus sentimentos. Afinal, nem todos são perfeitos, todos temos nossos defeitos. E se os temos, é preciso entender que todos os tenham. É muito importante saber que aqueles que nos amam, o fazem não porque somos perfeitos, mas sim, apesar de nossos defeitos, pois é aí que está o cerne do verdadeiro amor, da verdadeira amizade, o fato de saber buscar no fundo da alma os reais sentimentos.

Escrever, minhas queridas crianças, é saber dedicar sua vida ao amor e ao carinho, fazendo sempre esse caminho em busca da felicidade, escrever é externar seus sentimentos, essa coisa que desatina, esse amor que pode mesmo ser quase um lamento, mas é algo que ajuda a viver a vida, mostrando-nos como ela é boa pra ser vivida...

Amar, é também sentir saudade daqueles a quem amamos, quando estamos distantes, eis que afinal, a distancia não pode significar fim de um amor, se for um sentir firme e bem sentido. Claro que nosso desejo sempre é querer a felicidade. Então, escrevemos doces palavras sobre esse insano desejo de receber de seu amor uma caricia, um beijo.
Palavras sobre o amor, querendo dizer que a vida tem calor. O calor de um amor, ainda que distante, mas junto o bastante, para sentir o toque suave das mãos de quem amamos, receber aquele doce beijo, sentir na pele a caricia despertando o desejo. E isso, simplesmente, é vida.

Escrever sobre tudo isso, transmite a alegria sentida que sentimos apenas pelo fato de estarmos vivos. E se por isso for condenado, claro que me confesso CULPADO. Mas acredito que no consenso geral, a pena que deverei receber, é ter UM LINDO DIA, e quem quiser compartilhar essa punição comigo, que venha desfrutar desse dia, hoje e nos demais dias que ainda virão...

Marcial Salaverry

quarta-feira, 26 de julho de 2017

ESCREVER É SENTIR-SE FELIZ

Ao escrever, o escritor expõe o que sua alma está dizendo...
Se algo essa alma inspira, as palavras fluem simplesmente...
O que se escreve, deve ser fruto das inspiração, ou até
mesmo da piração da alma, mas não deve ser produto
da transpiração... Deve fluir naturalmente...

ESCREVER É SENTIR-SE FELIZ
Marcial Salaverry

Escrever, é sentir necessidade
de falar sobre a felicidade...
É um desejo de transmitir,
e que todos possam sentir,
que a vida é uma beleza,
que é preciso amar a Natureza,
que é preciso amar a humanidade...
No amor, sentir reciprocidade...
Que amar-se é preciso,
sempre tendo nos lábios um sorriso,
muito amor e pouco siso...
Escrever, é sobre tudo isso falar,
sempre sabendo amar...
Amar aqueles que nos amam,
e uma simpatia pelos que nos detestam...
Afinal, nem todos são perfeitos,
todos temos nossos defeitos...
Escrever, minha querida,
é saber dedicar sua vida
ao amor e ao carinho,
fazendo sempre esse caminho
em busca da felicidade...
Escrever é externar seus sentimentos,
essa coisa que desatina,
esse amor quase um lamento...
Mas que ajuda a viver a vida,
como ela é boa pra ser vivida...
Amar, sentir saudade,
querer a felicidade...
Doces palavras
sobre esse insano desejo
de receber de seu amor um beijo...
Palavras sobre o amor,
quer dizer que a vida tem calor...
O calor de um amor,
ainda que distante,
mas junto o bastante,
Para sentir o toque... o beijo...
a caricia despertando o desejo...
E isso, simplesmente, é vida...
Escrever, transmite a alegria sentida...

PARA VIVER O AMOR


Para viver o amor, é preciso compreensão,
doação, perdão, e, claro... AMAR...

PARA VIVER O AMOR
Marcial Salaverry

Saber viver o amor,
saber sentir seu calor...
É preciso saber aceitar,
sem muito questionar...
Para este amor sentir e viver,
é preciso bem se conhecer...
Questionamentos vem nos momentos,
quando a saudade bate forte...
Sentir que o amor está perto,
é muito bom, é reconfortante...
Sentir a presença,
esquecendo a ausência...
Sentir a saudade,
com uma ponta de felicidade...
Amantes, namorados, amigos,
em qualquer forma de amor,
sempre se deve
caminhar de mãos dadas...
Pra que o amor tentar entender...
Pra que saber...
Sempre será difícil entender,
mais difícil ainda será saber...
Basta sentir que apenas a reciprocidade,
poderá trazer muita felicidade...

Marcial Salaverry

TEU AMOR DISTANTE

TEU AMOR DISTANTE
Marcial Salaverry

Esse amor que chamas,
cuja presença reclamas,
está fisicamente distante...
Em ti pensa bastante...
Por não poder estar presente,
teu amor apenas pressente...
Seria um presente,
se pudesse estar presente...
Provar teus beijos,
saciar teus desejos...
Mas... é como um sonho...
Feliz... risonho...
Mas apenas um sonho...
À distância sonhado,
em sonhos realizado...
Para ser real...
O que será preciso, afinal?

O QUE VEM A SER AMIZADE

Na realidade, podemos considerar os 365 dias do ano
como sendo Dia da Amizade, pois ela sempre deve ser
vivida com plena e total sinceridade...
Ósculos e amplexos,
Marcial
 
O QUE VEM A SER A AMIZADE
Marcial Salaverry

O que vem a ser AMIZADE? Eis uma pergunta que não se pode calar, e que deve ser bem explicada...
A Amizade é um sentimento super complexo e difícil de ser explicado. É um sentimento assexuado, pois pode ser vivido por pessoas do mesmo sexo, bem como por pessoas de sexo diferente. E até mesmo sem sexo definido, para ser bem vivida, basta que exista afinidade e sinceridade...
É um sentimento que está bem próximo do amor. Podemos ser amigos sem nos envolvermos amorosamente, da mesma maneira que podemos ser amigos de quem amamos de verdade. Aliás, se existir amor mesmo de fato, a amizade é parte imprescindível, pois complementa e sustenta o amor, o que explica certos relacionamentos duradouros...
Sem dúvida alguma, a amizade é o suporte para que um amor se desenvolva, e dure muito tempo, uma vez que o amor-desejo, pode acabar, mas o amor-amizade, também chamado de amorzade, é mais difícil se extinguir.
Acontece que o tema agora é só amizade, deixemos o amor de lado, e vamos procurar entender porque conseguimos ser amigos de determinadas pessoas que cruzam nosso caminho, por vezes sem ter como nem porque.
Já falei por diversas vezes em afinidades. Elas existem, é claro. Também existem casos em que apesar de inexistirem, a Amizade se instala e fica, por motivos, sabe-se lá quais, podendo ser explicada por uma simpatia mútua...
Por exemplo, entre centenas de colegas de trabalho com os quais convivemos, existem alguns que marcam mais a presença que outros. Ninguém sabe explicar porque ficamos mais amigos de alguns que de outros. O interessante, é que por vezes não é dos melhores, que ficamos amigos, mas sim daqueles com quem sentimos alguma afinidade, talvez por pensamentos semelhantes, ou porque... bem... por que mesmo?
Atualmente pela Internet então, acontecem coisas realmente extraordinárias no que diz respeito à Amizade, eis que com a extrema facilidade "emaillatória", nos comunicamos com centenas (quiçá milhares) de pessoas diferentes. Não podemos saber se são fisicamente simpáticas. A dizer a verdade, sequer podemos saber se são sinceras, pois o que se escreve pode ou não exprimir os seus reais sentimentos.
Contudo, de uma maneira inexplicável, sentimos surgir um certo vínculo maior com algumas pessoas e, dentre as muitas com quem trocamos mensagens, e-mails, piadas, confidências, ou seja lá o que for, sentimos uma simpatia maior por algumas do que por outras. São aquelas que mais nos "tocam" o coração, os sentimentos. Por que? Ora, Porque... sabe-se lá... se existisse lógica, não teria a mínima graça. E é exatamente aí que reside o gosto da coisa toda. Por vezes ficamos nos analisando, tentando descobrir as causas dessas amizades. Enfim... é isso aí, elas existem, e devem ser vividas...
Essa amizade internáutica é muito interessante, pois muitas vezes usamos esses "amigos especiais" para certos desabafos que não temos com quem fazer. Por que sentir essa confiança em alguém? Como explicar tal sentimento? Chega a ser um mistério o porque não conseguimos nos abrir, soltar nossas fantasias com quem está a nosso lado, e conseguimos fazê-lo com quem sequer conhecemos. Talvez justamente por isso. Chega a ser uma espécie de "Terapia Interneteira" . Que é bacana, é.
Posso não conseguir explicar esse "por que", mas acho sensacional fazer parte desse mundo doido. Faz com que nossas idéias se multipliquem. Por vezes fazem alguma consulta que requer uma certa pesquisa. E isso nos ajuda a evoluir. Temos que aprender a medir as palavras, saber o que se pode dizer e a quem.
Por motivos vários, perdemos contato com alguns desses amigos, e sempre fica a mesma sensação de quando perdemos um amigo "real". E é muito fácil terminar com uma comunicação. Basta mudar-se o e-mail, e pronto, fecha-se o circuito. A esse respeito sobre as amizades perdidas, li um pensamento muito interessante, que transcrevo abaixo:
"A verdadeira riqueza é uma daquelas coisas a que só damos valor depois de sentirmos falta."

Finalmente aparece um pensamento com autor definido. Este é de autoria de um grande amigo meu,  o famoso e mui conhecido  L’Inconnu...
Bem crianças, com toda a amizade do mundo, espero que todos, sem exceção alguma, tenham UM LINDO DIA, sempre procurando espalhar amizade por onde for possível faze-lo...

terça-feira, 25 de julho de 2017

LA MAGIA DEL BOLERO

Un bolero siempre despierta pasiones...
LA MAGIA DEL BOLERO
Marcial Salaverry

Y  asi... por la magia de este bolero,
abrazarte mas, es lo que quiero...
Solamente una vez...y nada más...
es lo que desean los que se desean,
y con la música se elevan y amam,
y a los delirios de la pasion se entregan...
Cuerpos pegados, besos deseados,
eternamente besados...
La temperatura subiendo,
la pasion surgiendo,
de las ropas  librandonos,
al deseo puro  entregandonos...
Por la magia de la danza envueltos,
nos entregamos, perdidos de amor...

Marcial Salaverry

PRA QUE CHORAR?

PRA QUE CHORAR?
Marcial Salaverry

Chorar por que?
A vida é bela...
A natureza florida...
passarinhos piando no jardim...
o sol brilha no horizonte...
a chuva cai lá fora...
a lua brilha no céu...
as estrelas também...
basta ter amor no coração...
e nessa situação,
pergunta-se: Chorar por que?
Se temos olhos para tudo ver...
mãos para tocar...
boca para falar...
e também beijar...
Chorar por que?
A vida é alegria...felicidade...
também alguma saudade...
mas tudo sem maldade...
e de boa qualidade...
Chorar por que?
É só saber viver...
saber amar...
saber gostar...
saber querer...
Por que chorar?

A VIDA SEM AMOR

A VIDA SEM AMOR
Marcial Salaverry

Como seria possível a vida sem amor?
Seria uma vida sem sabor...
Seria uma vida sem calor...
O amor faz com que a vida,
valha a pena ser vivida...
O amor faz com que tenhamos felicidade...
O amor também provoca saudade...
O amor nos dá vida ao coração...
E também nos tira a razão...
O amor joga com nossas emoções,
provocando toda sorte de sensações...
Por amor tudo fazemos...
Sem amor  apenas sofremos...
Dizem que o amor causa dor...
Provoca sempre um certo torpor...
não creio, mas, seja como for,
o amor é e sempre será o amor,
o mais lindo sentimento...
Se causa algum lamento,
creiam, é o verdadeiro sentido da vida,
que faz com que ela valha a pena ser vivida...
Sem amor viver...
Talvez seja melhor morrer...



ESQUEÇAMOS O RELÓGIO

ESQUEÇAMOS O RELOGIO
Marcial Salaverry
 
Horas apenas marcam o tempo...
E o tempo pouco importa, quando estamos amando...
Esqueçamos o relógio, e prossigamos nos beijando...
 
Façamos de cada minuto, horas de prazer,
vivendo sem angústia estes momentos de amor...
Vamos deixar o tempo correr...
 
Sintamos apenas o calor de nossos corpos abraçados...
 
Sem parar com nossos carinhos apaixonados...
 
Marcial Salaverry
 

O MAIOR ESPETÁCULO DA NATUREZA

Após alguns dias de chuva e frio, e outros de algum calor, nada melhor do que curtir a Natureza,
os doidos voando de asa delta, e claro, um esplendoroso por do sol,
que continua sendo um dos mais belos espetáculos da Terra (outro, é o nascer do sol...)
Osculos e amplexos,
Marcial
O MAIOR ESPETÁCULO DA NATUREZA
Marcial Salaverry

É realmente preciso reconhecer que o maior espetáculo da Natureza nos é proporcionado pelo Amigo Sol, e com toda a certeza, sempre considerei que o sol, seja ao nascer, seja ao se despedir, nos proporciona um dos mais belos espetáculos que o Amigão nos oferece, e ele nada nos custa, podendo ser apreciado por todos, salvo nos dias de chuva.

O incrível colorido que o céu assume no arrebol é algo que extasia qualquer pessoa com um mínimo de sensibilidade.
Também é a hora que as aves voltam para os ninhais,  sempre fazendo belíssimas evoluções no céu, como que se despedindo do dia.
É quando nos preparamos para o descanso, embora alguns comecem a se preparar para mais uma noite de trabalho, ou de diversão. 

Li  uma mensagem muito interessante sobre o por do sol, de autoria de L'Inconnu. Vejam:
"Contemplar, com os olhos da alma a plenitude do por do sol qualquer um pode fazê-lo, mas poucos, porém, voltam-se para a grandeza divina ali manifestada."
Realmente, todos podemos apreciar a beleza do astro-rei se pondo, basta que tenhamos a disposição para encher nossos olhos e nossa alma com o espetáculo, e para tanto, basta nos quedarmos em silêncio, apreciando a descida do sol na linha do horizonte, sendo substituído pela escuridão da noite.

Basta imaginarmos o que realmente pode representar essa noite surgindo.  Podemos meditar e pensar que pode ser algo como um pequeno filme de nossa vida, representada pelo dia que está findando, e assim, vamos lembrar que nesse dia de sol, tivemos na parte da manhã, algo como que nossa infância, plenos de energia, sempre fazendo mais coisas, tendo mais disposição na parte da manhã.

Na parte da tarde, algo como nossa juventude, quando ainda temos boa disposição para as atividades do dia a dia, mas a energia já é um pouco menor, e então já começamos a pensar no repouso que a noite nos trará, e assim, podemos considerar que o por do sol, é como a divisão entre a juventude e a maturidade, a energia já é menor. Nossa atividade normalmente se reduz no fim do dia.

Quando os últimos raios do sol cedem lugar para a noite, normalmente estamos cansados das intensas atividades do dia, e já nos encontramos em preparativos para descansar, como acontece com nossa vida.

Após todas as atividades que exercemos durante nossa vida, queremos aproveitar a noite para aquilas coisas que nos tragam mais prazer, como se fôra uma compensação de tudo que fizemos durante o dia de nossa vida, e então é lícito esperar que possamos ter uma noite tranquila. Afinal, por tudo o que fizemos durante o dia todo...

A noite avança, e vai terminar na madrugada, para tudo recomeçar quando o sol nascer de novo, e esse novo dia, podendo representar uma nova vida que teremos para viver, sempre na esperança de que seja algo melhor que a aquela da qual nos despedimos...

É exatamente por isso que devemos aproveitar bem o dia de nossa vida, e como melhor passarmos esse dia, evitando certos vícios que poderão abreviá-lo, trazendo mais cedo a escuridão total da noite.
O ideal é sempre arranjarmos um "horário de verão", prolongando o dia o mais possível.
Claro que isto é uma analogia, já que existem pessoas que exercem suas atividades na parte da noite, apenas provocando uma inversão das coisas.  Para elas, o que é visto como o nascer do sol, será por do sol, isto é uma simples questão de ponto de vista, portanto não precisamos criar polêmica a este respeito.

Então, exatamente por isto, e em todos os sentidos, desejo a todos UM LINDO DIA, e que seja muito bem vivido, assim como os dias que estão por vir no porvir...

segunda-feira, 24 de julho de 2017

DESSA NOBRE ESTIRPE


 
DESSA NOBRE ESTIRPE
Marcial Salaverry

Dessa nobre estirpe,
só devemos nos orgulhar,
pois ela nos faz a todos irmanar...
Perante Deus,
todos iguais somos,
apesar de nossos cromossomos...
Preconceitos adquirimos com a vida,
coisa devida
à humana condição,
que nos embrutece o coração...
Devemos de nossas origens
sempre nos orgulhar,
respeitando a ancestralidade,
sem, contudo, esquecermos a felicidade
de nossa origem real,
pois o milagre da vida,
a nós é atribuida
pela Mão Divina...
Em respeito a ela,
deveriamos apenas pensar em
Paz e Amor...
E em ajudar nosso irmão necessitado...
Obrigado Senhor, pelo milagre da vida...

Marcial Salaverry

COMO É LINDO O AMOR

COMO É LINDO O AMOR
Marcial Salaverry

Nunca é demais lembrar como é lindo o amor,
que sempre enche nossa vida de calor...
Jamais pensei algo assim haver...
Estando os amantes afastados, é um quase morrer...
Juntos sempre se quer ficar,
para nos poder muito se abraçar,
para o corpo amado poder acariciar...
Com desejo os lábios beijar,
estar longe, fica difícil suportar,
e sempre é difícil  o esperar...
Pode-se até de saudade a morrer,
é muito dificil ficar sem se ver...
Que logo regresse a felicidade

de que todos temos necessidade...

NUM RELACIONAMENTO PODEM OCORRER MUDANÇAS


À medida que passa o tempo, outras coisas vão passando, e as coisas vão mudando...
é preciso prestar atenção, e não permitir que se machuque o coração...
Osculos e amplexos,
Marcial

NUM RELACIONAMENTO PODEM OCORRER MUDANÇAS
Marcial Salaverry

À medida que o tempo vai passando podem ocorrer  mudanças durante um relacionamento, deixando a impressão de que  o amor vai se modificando, diminuindo de intensidade à medida que o tempo vai passando, quando na verdade a mudança que acontece é na maneira de se expressar, e viver esse amor, e não é o sentimento  que vai arrefecendo, e é preciso estar preparado para tais mudanças, a fim de evitar certas reações traumáticas, que inclusive podem terminar com o relacionamento, embora os parceiros ainda se amem.

Um dos pontos mais nevrálgicos nessa questão de mudança comportamental, refere-se justamente ao interesse sexual, tido e havido como o ponto primordial em um relacionamento afetivo, e é preciso saber analisar bem a questão, pois é importante que se entenda que o interesse sexual não pode permanecer imutável e imexível todo o tempo, pois é uma questão orgânica inclusive, é preciso entender que o sexo não dispõe de um botão liga e desliga para funcionar quando se quer, mas sim quando existe um real desejo.

Assim sendo, uma eventual diminuição do interesse sexual não poderá ser apontada como fim do amor, mas apenas como um arrefecimento do tesão. Jamais como seu fim. Pode até ser que seja, mas sempre é preciso dialogar, e buscar os porquês, antes de decisões drásticas.

Existem diversas causas que agem como fatores inibidores para a saudável prática do sexo entre os amantes, e a própria rotina da vida é um deles. Sempre a mesma coisa acaba cansando, e por isso é importante saber inovar, usar de alguma criatividade para impedir a mesmice do cotidiano, que sempre irá causar algum desgaste.

Contudo, existem outros fatores que podem estremecer um relacionamento, e um deles pode ser uma mágoa muito funda provocada por alguma discussão, ou por alguma atitude que não seja bem compreendida.

Nesse caso, é bom refletir um pouco, para entender o que houve com esse amor, pois se dele apenas restarem mágoas, é porque o amor não era amor de verdade. Mas mesmo nesse caso, deve haver o diálogo, para que não fiquem ressentimentos, que possam transformar em inimizade o que antes foi um amor cheio de carinho.

Um “ex”, não precisa necessariamente ser um inimigo. Pode se transformar em amigo. E uma boa amizade nunca será demais.

Pode-se esquecer que um dia houve um amor unindo duas pessoas, mas é muito difícil esquecer que houve essa pessoa. Sempre existirão fatores que trarão lembranças, boas ou más, mas lembranças que insistem em serem lembradas... Então sempre será melhor pensar com suavidade, e mesmo com algum carinho, pois algo de bom sempre foi vivido. Sempre haverá em que se apoiar o pensamento. Por que se aferrar apenas à mágoa?

Devemos apenas lembrar do que houve de bom, e procurar saber o que pode ter motivado um eventual rompimento, para evitar incorrer no mesmo erro no futuro.

Não se deve tentar varrer a pessoa amada da memória, pois será praticamente impossível consegui-lo. Vamos suavizar as lembranças, para que nos lembremos apenas das coisas boas, e consigamos falar sem chorar, sem mágoas ou ressentimentos. Se algo terminou, é porque algo foi vivido e teve episódios felizes. Então a dor e o ressentimento só vão dificultar o esquecimento.

Mas sempre será interessante ponderar bem antes de tomar uma decisão definitiva, pois poderá ser válido dar uma chance para o amor. Principalmente quando ocorre o chamado “esfriamento sexual”, que nem sempre é causado pelo fim do amor, pois o amor se houve, não acaba assim.

Vamos saber analisar o que provocou esse desinteresse repentino, que pode ter diversas causas, desde clínicas e até psicológicas, ou simplesmente etárias. Não se pode querer que aos 40, 60 ou 80, tenha-se o mesmo ardor sexual que aos 20. E há que se considerar que se um dos parceiros tiver mais ardor, deverá entender o que está ocorrendo com a parceria. Se houver amor de verdade, esse fator será facilmente superável, desde que haja diálogo.

Assim é o amor. Temos que saber vive-lo, sabendo entender todas suas nuances, sabendo superar todas as crises. Até mesmo a fatídica (para alguns) “perda” do desejo.

Amor e desejo não se perdem. Podem mudar de forma, mas no interior sempre existirão. Se não houver mais o ardor sexual, poderá haver um carinho suave, como maneira de expressar o amor sentido. Um beijo carinhoso pode expressar muito mais amor do que uma transa forçada. Um namoro de mãos dadas é muito romantico. Sentar no banco de jardim e conversar olhando um por do sol, ou a lua, tem um efeito maravilhoso...

Sempre devemos dar uma chance a mais para o amor, antes de dizer adeus, sempre procurando ter UM LINDO DIA, e procurar repeti-lo a cada dia vivido...